Receita Federal abre concurso com 699 vagas e salários de até R$ 21 mil

Escrito por Valdemar Medeiros
Publicidade

O edital de concurso público da Receita Federal foi oficialmente autorizado com 699 vagas para os cargos de Analista Tributário e Auditor Fiscal. No total serão 230 vagas para Auditor e as restantes para Analista. Até então, o órgão está na fase de escolha da banca organizadora do concurso da Receita Federal. A RFB afirmou que o processo seletivo e a contratação da empresa está em andamento. Os nomes das empresas na disputa não foram divulgados.

Edital do concurso será publicado até outubro

O órgão busca aplicar as provas do concurso da Receita Federal 2022 em um prazo de até dois meses após a publicação do edital. Desta forma, os exames podem acontecer ainda neste ano, caso o edital seja publicado até outubro.

Publicidade

O aval de autorização foi publicado no Diário Oficial da União no dia 13 do último mês. Natália Nobre Saraiva, vice-presidente do Sindifisco Nacional, já havia oferecido informações sobre a autorização do concurso da Receita Federal, agradecendo todos os parlamentares que colaboraram na luta do Sindifisco Nacional e também contra o desmonte do órgão de arrecadação federal. 

IMPERDÍVEL:
Concurso UFBA 2022: Universidade Federal da Bahia publicou edital para um novo Concurso Público com 36 vagas

Leia: Grupo NotreDame Intermédica anuncia centenas de novas vagas de emprego para candidatos de todo o Brasil

É importante ressaltar que os cargos de auditor fiscal e analista tributário exigem nível superior e compõem o pedido enviado pela Receita Federal. Os candidatos que forem aprovados no cargo de Analista no concurso Receita Federal 2022 receberão um salário inicial de R$ 11.684,39 por mês, enquanto a carreira de Auditor conta com inicial de R$ 21.029,09.

Publicidade

De acordo com dados do Governo Federal, considerando os cargos de analista e auditor, são nada menos que 22.715 cargos vagos de acordo com dados de julho de 2020. Desta forma, os cargos de Analista e Auditor possuem apenas uma média de 37% de cargos ocupados, unindo as vacâncias que poderiam estar preenchidas.

IMPERDÍVEL:
Auxílio Bem caminhoneiro: Quem terá direito de receber as duas parcelas do benefício já no mês de agosto?

Novos detalhes revelados

Com o concurso finalmente autorizado, o próximo passo agora será o desenvolvimento de uma banca organizadora. De acordo com a portaria publicada, a estimativa é que o edital seja publicado em até seis meses. Desta forma, o edital deve ser publicado obrigatoriamente até dezembro.

O último concurso Receita Federal aconteceu em 2014 e teve vagas abertas para o cargo de técnico-administrativo do Ministério da Fazenda. Na época, foram 263.770 inscritos para as 1.026 vagas disponibilizadas, representando uma média de 257 candidatos por vaga. Ademais, na época foram disponibilizadas 1.026 vagas, em que os inscritos foram avaliados por meio de provas objetivas.

IMPERDÍVEL:
Concurso EEAR da Aeronáutica: Sai novo edital com 225 vagas de nível médio para homens e mulheres
Publicidade

No último certame, foram cobrados matérias como Língua Portuguesa, Espanhol e Inglês, Administração Geral e Pública, Raciocínio Lógico-Quantitativo, Direito Constitucional, Direito Tributário, Direito Administrativo, Auditoria, Legislação Tributária, Contabilidade Geral e Avançada, Comércio Internacional e Legislação Aduaneira.

Conheça a Receita Federal

A Secretaria da Receita Federal do Brasil é um órgão específico, singular, subordinado ao Ministério da Fazenda, exercendo funções essenciais para que o Estado possa cumprir suas metas.

O órgão é responsável por administrar tributos de competência da União, principalmente os previdenciários, e aqueles incidentes sobre o comércio exterior, abrangendo parte significativa das contribuições sociais do Brasil.

Também subsidia o Poder Executivo Federal na formulação da política tributária brasileira, combate e previne a sonegação fiscal, o contrabando, o descaminho, a pirataria e também a fraude comercial. É importante ressaltar também que a Receita Federal previne e combate o tráfico de drogas e de animais em extinção e outros atos ilícitos ligados ao comércio internacional.

Publicidade
Artigos relacionados