Quando os empreendedores de tecnologia devem mostrar seus protótipos de produtos?

Escrito por Bruno Teles
Publicidade

Atualmente, os empreendedores de tecnologia buscam aquisições de recursos financeiros, a fim de garantir os melhores empreendimentos. Entretanto, devido a questões de viabilidade, passou a ser comum que o financiamento externo esteja cada dia mais difícil para tais empreendimentos.

Neste sentido, desenvolver e exibir o protótipo de produto é uma estratégia que ajuda esses empreendimentos a demonstrar viabilidade tecnológica, a fim de garantir os recursos necessários para a sua manutenção. Portanto, galvanizar recursos tem como pilar a demonstração de novos produtos.

Entretanto, uma nova pesquisa da Copenhagen Business School apontou que os protótipos não são universalmente benéficos para aquisição de recursos, e ainda demonstra que a eficácia das aquisições depende da sua finalidade, que representa o grau que o protótipo representa com precisão a aparência, assim, como sua funcionalidade.

empreendedores de tecnologia
Empreendedores de tecnologia (Reprodução: divulgação)
Publicidade

Sendo assim, os pesquisadores mostraram que a fidelidade moderada — ou limitada — do protótipo é mais eficaz na missão de arrecadar fundos através de fontes de financiamento não tradicionais, como o crowdfunding online, muito difundido na comunidade científica contemporânea.

Para isso, Michael Wessel, professor do Departamento de Digitalização, da Copenhagen Business School, apontou que a pesquisa fornece insights acionáveis para empreendedores de tecnologia, em relação aos níveis ideais de fidelidade do protótipo a fim de angariar recursos de crowdfunding online.

Tais descobertas foram publicadas no Journal of Business Venturing e ajudam empreendedores de tecnologia a discernir em qual estágio do processo de desenvolvimento de um produto é o melhor momento para tentar adquirir recursos externos, para garantir o melhor resultado.

Publicidade

Sendo assim, a pesquisa sugere que, se os empreendedores de tecnologia erram no nível apropriado de fidelidade do protótipo, haverá desvantagens para o projeto. Ademais, se a fidelidade do protótipo permanecer abaixo do nível ideal, potenciais financiadores podem questionar a viabilidade do projeto.

Quando os empreendedores de tecnologia devem inovar?

Primeiramente, não é de hoje que a comunidade científica reconhece como os recursos empresariais são fundamentais para o desenvolvimento dos protótipos. No entanto, mesmo que haja a compreensão de que os protótipos possuem um efeito positivo na aquisição de recursos de risco, ainda há uma suposição de que, em um financiamento, mais é melhor.

Para Wessel, um protótipo de desenvolvimento que se assemelha ao produto final é tido como um mecanismo superior em comparação a um protótipo com baixa fidelidade. No estudo, a suposição é que a fidelidade moderada — em vez de alta — é mais eficaz na obtenção de recursos através do crowdfunding online.

Publicidade

Para isso, os pesquisadores realizaram três estudos. Logo, foi possível examinar o impacto causal de vários níveis de fidelidade em protótipos, que possam contornar as preocupações de endogeneidade que, normalmente, acompanha os estudos atrelados a dados observacionais.

Por fim, os resultados também apontam que as tecnologias digitais podem não somente permitir, mas também restringir a atividade empreendedora. Ademais, ainda foi possível visualizar que as plataformas digitais podem oferecer novas formas de atividade empreendedora, entretanto, os empreendedores de tecnologia também podem lidar com bloqueios e trabalhos precários.

Publicidade
Artigos relacionados