Cenoura tem aumento de preço junto com diversos outros itens

Cenoura tem aumento de preço junto com diversos outros itens Cenoura tem aumento de preço junto com diversos outros itens

A cenoura vem tendo um aumento expressivo no seu preço, e tem preocupado diversos consumidores que prezam por um cardápio mais saudável. A redução da oferta das cenouras atingiu um número de 30% em comparação com o mês de março de 2021. 

O cenário está pressionando por uma alta histórica nos preços, a inflação foi de 75,75% no mês de fevereiro e 22,08% em março. Portanto o maior aumento foi registrado pela Ceasa/CE em Fortaleza, que registrou 40,30% de aumento. Seguido pelas altas de Curitiba com 38,06 % e Brasília que registrou 34,94%. Em Belo Horizonte, Minas Gerais, o aumento foi de 29%, enquanto São Paulo teve um aumento um pouco mais moderado de 17,88%.

IMPERDÍVEL:  Governo Federal divulga o programa Desenrola, voltado para pequenas empresas, oferecendo microcrédito e medidas de incentivo à aquisição da casa própria

O movimento descendente de percentual discreto foi observado na Ceasa/AC no Rio Branco, onde o percentual foi de 3,57%. Mas a tendência atual é de que a alta se mantenha em abril com a possibilidade de quedas de preço em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Com exceção da alface e da batata, a tendência das hortaliças é de alta em relação ao ano de 2021.

Cenoura teve aumento de preços, juntamente com as hortaliças

As hortaliças passam por um grande aumento no volume de vendas, atingindo um crescimento de 9,9% em relação a fevereiro e 7,7% comparado ao mesmo mês de 2021, de acordo com as informações do boletim Prohort de Conab. O alface é um dos principais alimentos do setor e o preço está buscando estabilidade após meses turbulentos.

IMPERDÍVEL:  Programa Bolsa Verde do Governo Federal deve pagar R$ 600 para famílias em vulnerabilidade social

Conforme os documentos, o alface teve uma tendência de redução de preços ou estabilização na região sudeste. Um dos fatores que impactou a produção foi a descapitalização e também a insegurança dos produtores em relação aos investimentos na cultura de alface, o que resultou na diminuição desta safra. 

Mas nas regiões do nordeste a tendência é de que o preço do alface continue subindo.

Sobre o Autor

Felipe Souza
Felipe Souza

Felipe Souza é Redator há 3 anos e é formado em Direito. É apaixonado pela natureza, literatura e tecnologia. Para ele o conhecimento constitui a maior de todas as riquezas. @f3lipz

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *