Estudo revela como as mudanças climáticas podem impactar significativamente um dos ecossistemas mais ricos em carbono mais importantes do mundo

Escrito por Bruno Teles
Publicidade

No planeta, as florestas de mangue são um dos ecossistemas mais ricos em carbono, e possuem um papel vital para a saúde da humanidade. Por lá, os arbustos e árvores absorvem uma grande quantidade de emissões de gases de efeito estufa, além de proteger o aumento do nível do mar.

Neste sentido, as florestas podem absorver mais de mil toneladas de carbono em somente um hectare. Para isso, eles absorvem os elementos químicos do ar, e armazenam em galhos, folhas, troncos e raízes de árvores. Entretanto, tais condições estão extremamente ameaçadas.

Nos últimos dias, um estudo da Universidade de Portsmouth em parceria com a Operation Wallacea, informou como o carbono armazenado do CO2 atmosférico é processado por esse organismo. Porém, tais descobertas apontam que as mudanças climáticas estão ameaçando o conhecido ‘carbono azul’.

ecossistemas mais ricos em carbono
Ecossistemas mais ricos em carbono (Reprodução: divulgação)
Publicidade

Sendo assim, os cientistas analisaram detritos lenhosos em quatro florestas de mangue, que estão localizadas no Parque Nacional de Wakatobi, na Indonésia. Por lá, cada área tinha cerca de até 8 sessões, sendo que cada uma possuía a própria maneira de processar carbono.

Um dos ecossistemas mais ricos em carbono está ameaçado

Nesta perspectiva, duas consequências foram encontradas, ambas relacionadas às mudanças climáticas: A primeira é o drástico aumento do nível do mar, pois o ciclo do carbono é influenciado pela elevação das marés. A segunda é o aumento da acidez do oceano, devido ao aumento de CO2 na atmosfera terrestre.

Dessa forma, o autor da pesquisa, Dr. Ian Hendy, afirmou que a quebra de maneira caída nas florestas pode mudar os ciclos de carbono acima do solo, sendo um perigo potencial para os estoques de carbono nas florestas de mangue.

Publicidade

Ademais, o Dr. Hendy ainda quer salvar um dos ecossistemas mais ricos em carbono: uma iniciativa junto ao rePLANET, busca financiar uma série de doutorados em diversas áreas do mundo, a fim de examinar abordagens inovadoras e que visam preservar e proteger as florestas.

Por fim, os pesquisadores acreditam que os resultados desse estudo podem orientar a restauração de floresta de mangue em todo o mundo, especialmente por ter uma orientação em larga escala. Portanto, podemos compreender que a perspectiva pode salvar milhares de florestas de mangue pelo mundo.

Publicidade
Artigos relacionados