Aumento de preços: Ração para cachorros e gatos vai ficar mais cara

Por Felipe Souza

O aumento de preços das rações será considerável, e vai afetar os donos dos pets. O IPCA apontou que a inflação dos alimentos de animais cresceu 22,90% durante os últimos 12 meses, portanto o percentual foi mais alto até mesmo que o aumento da categoria ‘’alimentação e bebida’’ destinados a seres humanos.

Aqueles que amam animais de estimação e possuem vários pets vão precisar se preparar, pois o aumento de preços manterá a tendência no segundo semestre.

Com esse aumento de preços relacionados às principais matérias utilizadas para se fazer alimentos para cães e gatos, resultará no reajuste geral dos produtos deste nicho durante os próximos meses. Portanto é importante se programar para que o dinheiro da ração não venha a faltar.

PARA VOCÊ:
FGTS pode ser usado para pagar parcelas atrasadas do imóvel

Entre os principais insumos que são utilizados na produção da ração estão incluídas as proteínas de peixe, carne e frango. Além de trigo, milho, arroz, óleo e soja. A quantidade de cada insumo tem variação de acordo com o alimento de Pet e sua qualidade. Aqueles que concentram um percentual maior de carne nos insumos muito provavelmente terão um aumento de preço maior no próximo semestre.

Por conta dessa tendência de grandes aumentos nos preços dos produtos. Portanto a tendência é que muitos brasileiros que compravam rações premium para os animais deixem de comprar e passem a adquirir alternativas de rações mais simples e baratas para o mascote.

PARA VOCÊ:
Auxílio Brasil bloqueado: O que fazer quando o benefício for bloqueado pelo governo?

Essas mudanças não afetam apenas os donos de mascotes, mas afeta também as ONGs e abrigos que garantem a segurança e alimentação de um número elevado de animais.

Aumento de preços na ração de cachorros e gatos 

A perspectiva de aumento de preços nesse setor já é praticamente inevitável, e é uma realidade para o próximo semestre. Ainda não dá para afirmar com certeza até quando a tendência de subida de preço nos insumos das rações ocorrerá. Porém é importante que o consumidor esteja preparado para esse cenário de subida de preços.

PARA VOCÊ:
FGTS: Saque extraordinário começa na quarta-feira
Artigos relacionados