Sony lança equipamento de jogos para PC, expandindo além do PlayStation

Escrito por Bruno Teles
Publicidade

Na última quarta-feira (3 de junho), a Sony trouxe uma novidade para seus usuários. De modo a oferecer tecnologias além do PlayStation, a Sony lança equipamento de jogos para PC, na intenção de competir com uma grande parcela do mercado de periféricos de jogos, que cresceu exponencialmente na última década.

Para não ficar para trás, a Sony expandirá o seu principal produto — o PlayStation — e criar receitas nos mais variados setores, incluindo jogos para PC e celulares. Dessa forma, a Sony pode continuar consolidada no mercado, que está em ascensão nos consoles além do PlayStation.

Atualmente, o mercado de periféricos para jogos de itens usados pelos jogadores em diversas áreas foi avaliado em US$3,88 bilhões de dólares, em um levantamento feito pela Grand View Research, em 2019. Tal dado aponta o crescimento do setor, um dos mais rentáveis da última década.

Sony lança equipamento de jogos para PC, expandindo além do PlayStation
Sony lança equipamentos de jogos para o PC (Reprodução: divulgação)

Sony lança equipamentos de jogos para o PC e vai além do PlayStation

Publicidade

Para se consolidar neste mercado, a Sony lança equipamentos de jogos para PC e já anunciou suas primeiras novidades: através da marca Inzone, serão comercializados três fones de ouvido sem fio e dois monitores. O item mais caro está em torno de US$899,99, no seu lançamento nos Estados Unidos.

Neste sentido, Yukihiro Kitajima, chefe do escritório de negócios e marketing de jogos da Sony, apontou que o mercado está em constante expansão, e possui um interesse maior em jogos e torneios de e-sports, pois o entretenimento de jogos é um dos setores mais lucrativos de 2022.

Paralelamente, Serkan Toto, CEO da consultoria da indústria de jogos Kantan Games teceu uma crítica a Sony, afirmando que a empresa está “atrasada” para o setor, que está “desesperadamente lotado” em uma alusão às constantes inovações feitas por empresas de tecnologia em todo o mundo.

Publicidade

Deste modo, a decisão da Sony de vender produtos para PC está atrelado ao plano agressivo de aumentar as vendas de computadores e dispositivos móveis, especialmente para a sua unidade PlayStation. Assim, a Sony irá lucrar cerca de 50% do seu ano fiscal até meados de 2025.

Por fim, a Sony acredita que o seu objetivo de adentrar no mundo dos PCs é uma meta simples de alcançar, pois, a empresa possui um hardware que consegue conscientizar os jogadores de PC. Então, quando a Sony lança equipamentos de jogos para PC, ela está realmente indo para o lado certo?

Publicidade
Artigos relacionados