Novo concurso público da Agência Nacional de Telecomunicações (Concurso ANATEL) tem previsão de edital para 374 vagas

Concurso ANATEL: Previsão de edital para 374 vagas Concurso ANATEL: Previsão de edital para 374 vagas

São Paulo, 06 de maio de 2022, Por Felipe Souza – Há grandes expectativas para a realização de um novo concurso público da Agência Nacional de Telecomunicações (Concurso ANATEL). Neste momento, o órgão considera pedir pela abertura de um novo concurso ao Ministério da Economia.

O pedido de realização de concurso poderá ser feito até o dia 31 de maio. Resta esperar que a ANATEL realize o pedido ao Ministério da Economia.

Porém a necessidade da realização do concurso é grande. Conforme explicou a ANATEL, a mesma possui um déficit de servidores comparado ao quadro completo de servidores previsto na Lei nº 10.871/2004.

Ainda não é possível determinar o número de vagas e cargos esperados enquanto a ANATEL não realizar o pedido. No entanto, sabe-se que a agência possui 374 cargos vagos no momento.

IMPERDÍVEL:  Concursos abertos na Bahia: Diversas vagas com salários atraentes de até R$ 6 mil

Anteriormente, a ANATEL realizou seu último pedido para a abertura de concurso público no ano de 2020. Na época foram solicitadas um total de 333 vagas. A divisão de vagas por cargo era de 46 vagas para Analista Administrativo; 104 para Especialista em Regulação de Serviços Públicos de Telecomunicações; 84 para Técnico em Regulação de Serviços Públicos de Telecomunicações; e 99 para Técnico Administrativo.

Concurso ANATEL: Salários

A remuneração para Técnico em Regulação é de R$7.846,37. Já para o cargo de Técnico Administrativo é na quantia de R$ 7.474,67.

IMPERDÍVEL:  Saiba tudo sobre o concurso para procurador da PGE-GO: inscrições, etapas e mais - Vagas com subsídio de R$ 39.112,10

Quanto aos Analista Administrativo e Especialista em Regulação, a remuneração chega a até R$14.265,57 e R$15.516,12 respectivamente.

Em um concurso anterior, realizado no ano de 2014, disponibilizou-se 100 vagas. Um número de 20 vagas estavam destinadas para técnico administrativo, nas áreas de Comunicação e Administração. Ainda ofereceram 12 vagas para técnico em regulação de serviços de telecomunicação.

O restante foi preenchido por 20 vagas para analista administrativo nas áreas de Direito, Arquitetura e Engenharia Civil; 48 vagas para e especialista em regulação de serviços de telecomunicação nas especialidades de Contabilidade, Economia, entre outras.

Sobre o Autor

Felipe Souza
Felipe Souza

Felipe Souza é Redator há 3 anos e é formado em Direito. É apaixonado pela natureza, literatura e tecnologia. Para ele o conhecimento constitui a maior de todas as riquezas. @f3lipz

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *