Notícias

Atualizado em 04/09/2019 às 12h25

Vacina pentavalente deve voltar às UBSs santarenas no mês de outubro

Abastecimento é responsabilidade do Ministério da Saúde. Ao município cabe a responsabilidade de solicitar e repassar após recebimento. 

Falta de vacinas nos postos de saúde é à nível nacional. O Ministério da Saúde emitiu uma nota informativa na noite de terça-feira (3), informando às Secretarias de Saúde de todo o país que a distribuição da vacina pentavalente, que imuniza contra difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e doenças causadas por Haemophilus influenzae do tipo B, deve ser normalizada em outubro deste ano.

Segundo a coordenadora do setor de imunização da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), da Prefeitura de Santarém, enfermeira Edna Gadelha, a falta da vacina nas Unidades de Saúde começou no mês de julho, já que o último repasse feito pelo Ministério da Saúde ocorreu em junho de 2019.

O abastecimento das vacinas em todos os municípios do Brasil é responsabilidade do Ministério da Saúde. Cabe a cada município, após receberem os repasses, a função de disponibilizar à população as vacinas nos postos de saúde.

"Em agosto deste ano já não recebemos mais essa vacina, por isso não tivemos como disponibilizá-la à nossa população. Achávamos que o problema logo se resolveria, mas demorou mais do que esperávamos, até que veio a nota do Ministério esclarecendo que o problema não é localizado, mas sim em nível nacional", ressaltou Edna Gadelha.

Leia também:

A enfermeira disse ainda que algumas vacinas estão com envio parcial, ou seja, estão sendo enviadas com um número de doses menores do que o necessário para garantir o total abastecimento. É o caso das vacinas Meningocócica C, que imuniza contra a meningite, da BCG, que previne a tuberculose, e da Tetraviral, que previne sarampo, caxumba, rubéola e catapora. "Esse é outro problema que estamos enfrentando com frequência e que independe da nossa vontade. Solicitamos as vacinas mensalmente e muitas vezes ocorre de nos enviarem menos doses do que a quantidade que solicitamos. Por isso, as vacinas chegam, são distribuídas e logo acabam nas Unidades. Precisamos reforçar a população que o município intermedeia o pedido e não tem responsabilidade pela falta de vacina", esclareceu.

Na manhã desta quarta-feira (4), o setor de imunização recebeu doses das vacinas meningocócica C e BCG que já estão sendo distribuídas a todas as UBSs do município.


 

Acompanhe as ações da Prefeitura de Santarém nas redes sociais:
Facebook: https://pt-br.facebook.com/prefeituradesantarem/
Instagram: @prefeituradesantarem
Youtube: Canal da Prefeitura de Santarém

Dayse Lima Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação