Notícias

Atualizado em 08/03/2019 às 17h09

Estudantes santarenos serão beneficiados com programa que integra ações de saúde e educação


A Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), deu hoje (08), o pontapé inicial para a implantação do Programa Saúde na Escola (PSE), com a realização do I Fórum Municipal do PSE, que aconteceu por toda a manhã, no auditório da Universidade do Estado do Pará (Uepa).

Mais de 150 pessoas participaram do evento que contou com a participação de enfermeiros que atuam nas Unidades Básicas de Saúde (UBS's) do município, gestores e professores de escolas públicas municipais e estaduais, além de autoridades representantes de órgãos da saúde e da educação em Santarém.

Além de implantar efetivamente o PSE nas escolas santarenas, o Fórum levou aos participantes o conhecimento mais aprofundado sobre o PSE e sobre os temas que serão trabalhados no ciclo 2019/2020 através do programa. O objetivo foi contribuir para a formação dos profissionais que atenderão os estudantes por meio das ações de promoção, prevenção e atenção à saúde do PSE, com vistas ao enfrentamento das vulnerabilidades que comprometem o pleno desenvolvimento de crianças e jovens da rede pública de ensino.

Para a secretária Municipal de Saúde, Dayane Lima, que esteve na abertura do programa, o PSE vem como um novo desenho da política de educação e saúde no município. "Será mais do que uma estratégia de integração das políticas entre os dois setores, pois o programa trata a saúde e a educação de forma integrada, proporcionando formação ampla para a cidadania e para o pleno proveito dos direitos humanos", ressalta.

Segundo ela, os benefícios do PSE integrando ações de saúde e educação em Santarém serão importantes para o bom desenvolvimento físico e metal de crianças e adolescentes. Através dele serão avaliadas as condições de saúde das crianças, adolescentes e jovens que estão na escola pública; será feita a promoção da saúde e de atividades de prevenção; educação permanente e capacitação dos profissionais da educação e da saúde e também dos jovens; além do monitoramento e avaliação da saúde dos estudantes e do próprio programa.

Sobre o PSE

O Programa Saúde na Escola visa à integração e articulação permanente da educação e da saúde, proporcionando melhoria da qualidade de vida da população brasileira. Tem como objetivo contribuir para a formação integral dos estudantes por meio de ações de promoção, prevenção e atenção à saúde, com vistas ao enfrentamento das vulnerabilidades que comprometem o pleno desenvolvimento de crianças e jovens da rede pública de ensino. O público beneficiário do PSE são os estudantes da Educação Básica, gestores e profissionais de educação e saúde, e a comunidade escolar.

Para a coordenadora do PSE pela Semsa, enfermeira Graça Almeida, o programa deve proporcionar melhoria da qualidade de vida da população. "Ele será levado às escolas por meio de projetos didáticos, com metodologias muito bem elaboradas e que serão implementados nas escolas envolvendo todos os agentes", ressalta.

Ela acrescentou que neste ciclo 2019/2020, treze temas devem ser tratados junto aos estudantes santarenos, são eles: ações de combate ao mosquito Aedes aegypti (dengue e zica vírus), prevenção da gravidez na adolescência, prevenção de doenças sexualmente transmissíveis (DST's) e direito sexual e reprodutivo, prevenção quanto ao uso de álcool e drogas, prevenção da violência e de acidentes, promoção de segurança alimentar e nutricional (prevenção da obesidade), verificação de situação vacinal, promoção de esporte e lazer nas escolas, promoção de cidadania e direitos humanos, promoção da saúde auditiva e promoção da saúde ocular.

A primeira escola a receber ações do PSE em Santarém será a Escola Terezinha de Jesus Rodrigues. A ação será no dia 05 de abril, pela manhã e tarde, e deve contar com consulta médica, atendimento de enfermagem, testes rápidos, avaliação antropométrica, aferição de pressão arterial, atualização vacinal, atividades educativas, avaliação odontológica, implementação da caderneta do adolescente, atividades lúdicas, cortes de cabelo, manicure e massagem.

Dayse Lima Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação