Notícias

Atualizado em 21/12/2018 às 13h39

Alunos da Escola de Artes interpretam sucessos da Banda Roupa Nova e emocionam o público


Os alunos da Escola de Artes Emir Bemerguy interpretaram, no auditório da própria escola, quinta-feira, (20), os 15 maiores sucessos românticos de um dos maiores grupos musicais Pop do Brasil, a Banda Roupa Nova. O show temático que foi intitulado: "Roupa Nova: a força do amor" emocionou o público.

As estrelas da noite foram os alunos da escola acompanhados por uma banda formada por grandes músicos locais, com a direção geral da professora Isabela Sena, sob a coordenação geral da professora Monique Paixão.

Monique contou que o projeto do show surgiu durante as aulas de música da Escola de Artes, no decorrer de 2018, com uma proposta da professora Isabel Sena devido se tratar de um repertório de qualidade, muito conhecido e que os alunos se identificaram muito bem com o estilo.

Além disso, Monique comentou que as composições do grupo Roupa Nova abordam temáticas que tem relação com esse momento que antecede o Natal e Ano Novo. "Nós estamos nessa época que reflete a paz, o amor, a esperança. Então nós vamos encerrar nossas atividades da Escola de Artes desse ano com chave de outro", comemorou.

A professora Monique também destacou que muitos alunos se apresentaram pela primeira vez em público, mas os músicos da banda base são profissionais já conhecidos e consagrados pela crítica local, considerados um dos melhores da cidade. Além disso, o projeto do show é alinhado com os objetivos da Escola de Artes que visa revelar talentos, o que se torna possível criando cenários favoráveis, para que os alunos se mostrem, num bom sentido, e até ingressem no mercado de trabalho, por meio da música.

Monique também lembrou que para 2019 espera manter o grupo e aperfeiçoar ainda mais o show em termos de qualidade. "Trata-se de um grupo que está amadurecendo enquanto conjunto e a gente sabe que eles precisam desse aprimoramento musical e por isso, tem-se a certeza que no ano que vem pode ser bem melhor", afirmou.

A professora explanou sobre o diálogo da arte musical que foi estabelecido entre o regional, próprio da música santarena, com o universal que se encontra no reportório da banda Roupa Nova. Segundo ela, cada um dos alunos tem uma linha de estudo, que transita entre o clássico e o popular. "Embora tenhamos esse aspecto regional muito forte sabemos que cada aluno tem uma linha de estudo, que consegue transitar por outras linguagens, até porque a música precisa ser abrangência, precisa ter um leque de opções".

A produtora do show, professora Isabela Sena disse que a proposta do projeto é levar ao palco parte do repertório da banda Roupa Nova, com o tema "A força do amor", fazendo uma ligação entre todas as músicas para concretizar a proposta.

Segundo ela, trata-se de um show montado com apresentações solo e em grupo, além da participação do coral, uma vez que a banda Roupa Nova se caracteriza como um grupo vocal e com isso, percebeu que seria uma oportunidade explorar ao máximo as potencialidades das diversas vozes dos alunos, sem destoar da realidade do Roupa Nova.
Durante o show foram apresentados 15 números musicais, com uma duração de 90 minutos, o mesmo tempo do show da banda Roupa Nova, destacando os maiores sucessos da banda em mais de três décadas de sucesso no Brasil e no mundo.

Isabela reforçou que a grande maioria dos alunos que se apresentou está iniciando agora e alguns pela primeira vez se apresentaram em público. No entanto, isso faz parte do objetivo da Escola de Artes que é fazer essa ligação do aluno com o público, visando à independência dele no palco.

A Banda Base que acompanhou os alunos é formada por músicos profissionais que produziram os arranjos fiéis à banda Roupa Nova, apenas com mudança de tonalidades por conta da adaptação, da técnica de cada um dos alunos intérpretes, assim como os arranjos vocais que foram adaptados de acordo com as notas musicais dos alunos, que nem sempre coincide com o arranjo original, mesmo assim, eles tentaram se aproximar do original.

Jheiel Brito, 21, um dos intérpretes da noite disse que é aluno da Escola de Artes pouco mais de um ano, fazendo aulas de canto-coral. Para ele foi uma experiência marcante e acredita que também o show teve o mesmo significado aos demais alunos que participaram do projeto "Roupa Nova: a força do amor". Sobre o nervosismo dos intérpretes disse que a maioria se apresentou em público pela primeira vez e isso pode ter atrapalhado um pouquinho, mas nada que comprometesse a qualidade do espetáculo. "Eu já estou mais acostumado a cantar em público, uma vez que sempre sou convidado para me apresentar em outras ocasiões fora da Escola de Artes, mas tem colegas que se apresentaram pela primeira vez", justificou.

Informações técnicas:
Produção geral: Isabela Sena.
Produção musical e guitarra: Janderson Almeida;
Contrabaixo: Rui Valas Boas;
Percussão: Eudes Lima;
Bateria: João Glauber;
Teclado: Bruno Azevedo;
Violões: Edmárcio Paixão;
Back-vocal: Alunos da Escola de Artes.

Breve histórico da Banda Roupa Nova
Roupa Nova é uma banda brasileira formada na década de 1980, no Rio de Janeiro. Ainda hoje se encontra em plena atividade, tendo com integrantes músicos de renome, como: Paulinho (percussão e vocal), Serginho (bateria, voz e vocal), Nando (baixo, voz e vocal), Kiko (guitarra, violões e vocal), Cleberson Horsth (teclados e vocal) e Ricardo Feghali.

A banda surgiu devido mudanças ocorridas após 1978 no grupo chamado Os Famks, e desde aí mantém até hoje a formação. São os atuais recordistas em trilhas sonoras de novelas (32 temas no total), sendo "Videogame" a trilha sonora do extinto Jornal da Manchete. A banda tem selo próprio desde 2004, o "Roupa Nova Music".
www.letras.com.br/biografia/roupa-nova

Ednaldo Rodrigues Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação