Notícias

Atualizado em 17/06/2018 às 12h11

Casamento coletivo formaliza união de 70 casais em Santarém


Um "Sim" coletivo dado por 70 casais e a oportunidade de formalizar a união civil. Assim foi o Casamento Coletivo realizado no fim da tarde deste sábado (16), em frente ao Centro Cultural João Fona, em Santarém. A cerimônia encerrou as comemorações dos 185 anos da Comarca de Santarém e deu prosseguimento às comemorações dos 357 anos de Santarém. (Confira a programação completa do aniversário)

O amor transbordou às margens do encontro das águas dos rios Tapajós e Amazonas. Cada casal tinha uma linda história de Amor para contar, muitos em união estável e outros iniciando uma vida a dois.

Ficou evidente no "Dia do Sim", que não existe idade para realizar um grande sonho. Há 16 anos namorando, Maria Gorete da Rocha Alves, de 64 anos e Raimundo Nonato Campos, de 49 anos, contagiaram à todos com sua história de amor. "Graças à Deus e em nome de Jesus estamos realizando um grande sonho que é o casamento no civil e depois no religioso", disse empolgado o noivo Raimundo. 

A noiva contou que a história do casal iniciou, após um pedido de namoro que ocorreu de forma surpresa em uma rua na parte central da cidade. Maria Gorete disse que nem pensou muito e aceitou o pedido, pois seu sentimento era o mesmo. "Durante longos anos o namoro foi em casas separadas. Passei um tempo fora e quando voltei nos encontramos e tivemos a certeza que viveríamos juntos e que nos casaríamos com o consentimento de nossos filhos que não estão aqui nesse dia tão especial. É um dia muito feliz pra nós", afirmou.

Outro casal que disse "Sim" foi Rita da Fonseca, de 71 anos e Manoel Ramos da Silva, de 80 anos, que estão juntos há 50 anos. Eles contaram que tiveram 10 filhos e que hoje oficializam uma união que deu certo. "Desde quando nos conhecemos nossa vivência é boa e agora vamos ficar mais feliz porque estamos casados graças à Deus" disse a noiva muito emocionada.

O evento é realizado pelo Fórum de Santarém em parceria com a Prefeitura de Santarém, através das secretarias de Assistência Social, de Cultura, de Educação, de Infraestrutura e de Mobilidade e Trânsito. A iniciativa contou com apoio do cartório do 3º ofício e também do Sindicato da Indústria de Panificação e Confeitaria do Oeste do Pará (Sipcop).

"Estamos muito felizes com esse cenário maravilhoso de Santarém e felizes em poder realizar os sonhos desses 70 casais em sua maioria usuários dos nossos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) que tiveram a oportunidade de oficializar suas uniões de forma totalmente gratuita", ressaltou a Secretária Municipal de Trabalho e Assistência Social, Celsa Brito.

"É uma ocasião muito especial, todos esses casais hoje celebrando o matrimônio, muitos deles já vivem uma união estável, já tem uma família e aqui estão formalizando. É um momento muito especial da família, de celebração com os filhos, amigos, familiares e a Comarca de Santarém está satisfeita com esses eventos e hoje celebra a união desses 70 casais que são atendidos pelos Cras, e são pessoas na sua grande maioria de baixa renda", disse o Diretor do Fórum de Santarém, Meritíssimo Juíz Cosme Ferreira Neto.

"Na condição de Prefeito é muito importante inaugurarmos obras, mas é mais importante ainda cuidarmos das pessoas e realizar os sonhos delas. Esse é o tipo de evento que demonstra claramente a importância desse gesto, desses serviços realizados por nossa equipe da Assistência Social, pelos nossos Cras, proporcionando a esses 70 casais a oportunidade de realizarem seus sonhos de finalmente serem casados no papel passado perante a essa cerimônia", avaliou o Prefeito de Santarém, Nélio Aguiar.

A oficialização foi realizada pelos juízes Valdeir Salviano e Carolina Maia e contou com a apresentação da Banda Sinfônica Maestro Wilson Fonseca e a participação da cantora Kayla Moura que levou mais romantismo ao evento.

Ao lado do Centro Cultural foi montado um espaço com bolo para que os noivos pudessem registrar esse momento. Ao final da celebração, os casais puderam levar para casa um bem casado como lembrança da cerimônia.

Geisa de Oliveira Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação