Notícias

Atualizado em 16/09/2017 às 15h12

Busca dos Mastros em Alter do Chão revive o ritual religioso


Estalos pirotécnicos na madrugada deste sábado (16) anunciaram aos moradores e visitantes da Vila de Alter do Chão, que era dia de Busca dos Mastros - tradição que faz parte das atividades do Çairé e consiste na busca de dois troncos de árvores na mata fechada localizada em frente a vila. A cerimônia foi planejada pela Comissão Organizadora do Çairé com a parceria da Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (Semc). A programação contou, pela primeira vez com o envolvimento efetivo de um gestor municipal, o prefeito Nélio Aguiar.

Saiba mais:

O ato começou com o oferecimento de um café da manhã aos participantes, em seguida, centenas de pessoas, entre moradores, visitantes e personagens da festa saíram em procissão, pelas ruas de Alter do Chão. Ao chegar à orla, adentraram em quatro catamarãs. Lanchas e catraias rumo à cabeceira de Mucaem, às margens do Lago Verde.

Durante a procissão fluvial, que durou cerca de 1 hora (ida e volta), as catraias decoradas com fitas coloridas e conectadas por cordas às embarcações maiores formaram um imenso cordão de cores. À frente da procissão fluvial, uma das balsas catamarãs transportava os personagens principais do Çairé (Saraipora, capitão, os rufadores, mordomos, mordomas, juiz, juíza e rezadeiras).

Ao chegar à cabeceira do Mucaem, os participantes caminharam cerca de 20 minutos pela praia e adentraram a mata na busca dos mastros. Localizados os troncos, foram formados dois grupos orientados pelos mordomos e pelas mordomas. Com os mastros nos ombros, em meio à área verde, foi realizada uma competição de quem chegava primeiro às margens do Lago. "Aceitei o desafio, mas tem que ter força nos braços e nas pernas para carregar e conduzir os mastros. A força vem do amor que temos pela nossa cultura e no apoio dos visitantes que são contagiados pela essa espiritualidade da Amazônia. Vê-los envolvidos é gratificante e nos emociona. Saudamos a todos que repetem ou estreiam nessa vivência. Saudamos a todos! Çairé! [Salve!]", disse uma das mordomas da festa, Géssica Farias de Oliveira.

O designer de moda, Matheus Carneiro participou pela primeira da Busca dos Mastros. "Sou de Santarém, mas estava estudando em São Paulo e nunca havia participado deste momento, que pra mim está sendo ímpar. A valorização da cultura precisa persistir, não podemos deixar morrer. O rito religioso é o diferencial da nossa cultura, de Alter do Chão, de Santarém. Tudo lindo. Registrei cada momento", destacou.

Após a retirada dos mastros, as embarcações retornaram à Praia da Gurita, conhecida como Praia do Cajueiro, e no meio do trajeto, assim como ocorreu na ida, todos receberam doses de tarubá – bebida indígena milenar, feita da massa da mandioca.

"Realizamos com sucesso novamente a busca dos troncos de árvores retirados da mata fechada. Essa cerimônia é resultado da rotina rural há tempos vivenciada pelos nativos de Alter. Nós pudemos reviver e fortalecer a fé, nos atos da reza, das ladainhas, do canto, do instrumental, da partilha do alimento, da fala e da presença dos itens religiosos deste evento cultural", explicou o presidente da Comissão Organizadora do Çairé, Cleuton Sardinha.

Cumprindo com sua responsabilidade de preservação do meio ambiente, no lugar dos dois troncos retirados da floresta, os moradores com o apoio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente plantaram 50 mudas de árvores das espécies: cumaru (20), andiroba (20) e piquiá (10).

Um fato inédito na Busca dos Mastros foi a participação efetiva de um gestor municipal. Acompanhado pela primeira dama e secretária de Assistência Social Celsa Brito, o prefeito Nélio Aguiar participou do início ao fim da cerimônia. "Estamos aqui pela nossa fé cristã, pois somos católicos, e acreditar na Santíssima Trindade faz parte da nossa religião. É muito importante participar junto com o povo de Alter do Chão, isso demonstra qyue não estamos apoiando apenas financeiramente, mas principalmente com a presença e envolvimento na Festa. Precisamos mesmo divulgar amplamente este ato. Este foi o ano que deu mais gente na Busca dos Mastros", comemorou o prefeito Nélio.

Como membros da administração pública municipal, participaram ativamente da cerimônia os secretários municipais Luís Alberto Figueira (Cultura), Vânia Portela (Meio Ambiente), Pablo Barrudada (Turismo) e a coordenadora de administração Katiane Sá.

Os mastros serão enfeitados com folhas e frutas simbolizando a colheita e a fartura da região, permanecem guardados nas areias da Praia da Gurita, e na quinta-feira (21), serão erguidos na Praça, marcando a abertura oficial do Çairé.

Alciane Ayres Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação