Notícias

Atualizado em 23/08/2019 às 12h17

Artesãos tem acesso a máquina de cartões para novas oportunidades de negócios

Buscar novas oportunidades para incremento na renda dos profissionais que trabalham na produção artesanal é uma das estratégias que a Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Turismo (Semtur) tem como foco, para a melhoria da qualidade de vida dos artesãos e facilidade no atendimento aos seus clientes.

Na quarta-feira (21), os artesãos do Cristo Rei – Centro de Artesanato do Tapajós receberam a visita dos técnicos do Banco do Brasil que apresentaram aos profissionais uma máquina de cartões que oferece benefícios em meios de pagamentos, como a isenção de aluguel e isenção de taxa de adesão.

A artesã Maria Aparecida Miranda Melo, da Arte Criativa, destacou que após a reunião fez a solicitação de sua maquineta, pois possibilita uma maior oportunidade de negócios entre os profissionais e para os clientes. "Solicitei hoje a minha maquininha, pois vai facilitar as vendas, porque as pessoas hoje em dia, andam mais com cartão do que a própria cédula. Muitas vezes a pessoa não tem disponível o dinheiro em espécie somente o cartão. Com maquineta não perdemos a venda. É bom para o nosso trabalho, pois vai facilitar tanto para nós artesãos, quanto para o cliente", destacou.Artesã Maria Aparecida Miranda Melo, da Arte Criativa

A artesã Mirian Araújo dos Santos, da Loja Alter do Chão, já possuía uma máquina, mas que fez a aquisição recente da maquineta proposta, devido a facilidade de conexão e manuseio e sua utilidade . "Antes eu usava uma que conectava no aparelho de celular e muitas vezes dava erro de conexão, fazendo que o cliente passe mais tempo esperando a conclusão da venda. Essa outra está mais fácil de fechamento de venda, por conta da praticidade do seu manuseio. Isso é muito importante, acompanhar a tecnologia, e essa facilita a venda e reduz o tempo de espera do cliente, quanto a conclusão da venda", afirmou.

A coordenadora do Cristo Rei, Elizangila Dezincourt informou que a iniciativa em reunir os artesãos para ouvir a proposta foi de esclarecer aos profissionais as facilidades no processo de venda ao adquirir a maquineta. "O Cristo Rei recebe turistas do mundo todo e a utilização do cartão de crédito é uma constante, daí a necessidade de trazer os técnicos do Banco do Brasil para apresentar a utilização da maquininha, para ampliar a venda e comercialização dos produtos dos artesãos aqui do centro. Vimos que muitos não utilizavam maquineta e que perdiam oportunidade de negócio. Então fomos em busca de informações referentes a menor taxa de juros, tanto no débito, quanto no crédito, por isso trouxemos os técnicos da instituição financeira e os artesão ficaram muito interessados", ressaltou.

"Estamos em um esforço constante para abrir novas oportunidades de negócios para a produção artesanal de Santarém, e a aquisição da maquineta pelo artesãos contribui para a melhoria nas vendas, ajuda a fortalecer a nossa economia e facilita a geração de renda para os nossos Artesãos", reforçou o secretário de Turismo, Diego Pinho, ao falar o interesse dos Artesão em adquirir a maquininha.

Tadeu Pinho Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação