Notícias

Atualizado em 17/04/2019 às 12h20

Após ampliação da cobertura vacinal, Sarampo está sob controle em Santarém


Desde fevereiro nenhum caso confirmado da doença é registrado

"O sarampo está sob controle em Santarém, graças aos trabalhos realizados pelas nossas equipes de imunização que conseguiram ampliar a cobertura vacinal entre a população", comemorou a secretária de Saúde, Dayane Lima ao falar sobre as estratégias do município para conter a doença.

Desde o ano passado, a Prefeitura de Santarém, por meio do setor de imunização da Divisão de Vigilância em Saúde (Divisa), da Secretária Municipal de Saúde (Semsa), passou a intensificar a vacinação contra a doença, tudo para evitar o surgimento de novos casos na cidade.

Em 2018 foram registrados 39 casos de sarampo em Santarém. A partir daí, a Semsa montou uma estratégia de ação para aumentar a cobertura vacinal na cidade. Além da intensificação nas unidades básicas de saúde (UBS's), com ampla divulgação nos meios de comunicação, a Semsa levou também a vacinação para pontos estratégicos da cidade, a chamada vacinação itinerante, com a finalidade de imunizar o maior número possível de pessoas, dentro do grupo prioritário (pessoas de 1 ano a 49 anos de idade).

A estratégia surtiu efeito. Em 2019, apenas 3 casos da doença foram confirmados. Eles foram registrados no início do mês de fevereiro deste ano. De lá pra cá, a Divisa não notificou mais nenhum caso da doença em Santarém. "O aumento da cobertura vacinal surtiu efeito, mostrando que quando as pessoas se vacinam a gente consegue combater com eficiência as doenças", garantiu a coordenadora do setor de imunização da Divisa, Edna Gadelha.

Em 2018 foram aplicadas 13.842 doses da vacina contra o sarampo. Durante a campanha realizada no ano passado, o município atingiu 97,75% de cobertura vacinal dentre o grupo prioritário, ultrapassando a meta do Ministério da Saúde que era imunizar 95% do público alvo.

Só nesses primeiros meses de 2019, já foram imunizadas 12.812 pessoas e a vacinação continua sendo feita nas unidades de saúde. A Divisa recebeu na última sexta-feira (12), mais 2 mil doses da vacina tríplice viral (vacina que imuniza contra sarampo, caxumba e rubéola). Elas já foram distribuídas às unidades de saúde e estão à disposição da população que ainda não se imunizou. "Quem ainda não tomou a vacina e queira se imunizar ainda pode procurar as unidades de saúde para receber a dose. A gente orienta que a pessoa sempre leve o cartão de vacinação para saber como está a situação vacinal da pessoa, especialmente quando se trata de criança", salienta Edna Gadelha.

Dayse Lima Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação