A prefeitura da cidade de Santarém anunciou por meio da secretaria municipal da educação que a partir de 2 de maio a volta às aulas será 100% presencial e obrigatório para os alunos das redes municipais e nas demais modalidades. Não haverá escalonamento para dividir as aulas entre EAD e sistema presencial. Portanto, os únicos que poderão ter opção facultativa em relação ao sistema presencial são os portadores de comorbidades.

A decisão partiu de uma reunião que foi realizada durante a manhã do dia 12 de Abril, através de um comitê intersetorial que obteve um resultado unânime na votação, não restando dúvidas sobre a importância do retorno às aulas completamente presenciais.

Apenas nos casos onde os alunos possuam comorbidade comprovada é que haverá a opção de não frequentar a sala de aula.

Por conta do cenário pandêmico criado pelo covid-19 o primeiro semestre deste ano letivo teve início no dia 15 de fevereiro de maneira gradual, onde intercalaram a não obrigam a realizar o sistema de rodízio.

Volta às aulas 100% presencial

Apesar do retorno ser 100% presidencial, ainda haverá protocolos de segurança, entre eles está a comprovação de vacinação dos alunos através da carteira de vacinas, além disso a escola vai exigir que entreguem uma cópia da mesma carteira.

Segundo os relatórios da Semed, em torno de 22 mil pais responderam as pesquisas, e os apontamentos registram um número de adolescentes e crianças a partir de 5 anos com uma média de 61% de vacinados e 37% não vacinados, o número restante não forneceu respostas.

Apesar do retorno 100% presencial simbolizar um grande avanço e normalização em relação a pandemia, continua sendo extremamente importante tomar os devidos cuidados para que o vírus não volte a sair do controle. Portanto a conscientização permanece tendo uma extrema importância durante a volta às aulas presenciais.