Notícias

Atualizado em 16/02/2020 às 12h47

Estudantes da rede municipal iniciam o ano letivo nesta segunda-feira (17)

A abertura oficial do ano letivo de 2020, no município de Santarém, na cidade e no planalto, ocorrerá nesta segunda-feira (17), às 7h30, na Escola Municipal Professor Aldo Ferreira Campos, bairro Alvorada. Nessas duas grandes áreas do município, de acordo com as coordenações educacionais responsáveis, incluindo a educação especial, estão matriculados 46.561 alunos; 10.656 no planalto e 35.996 na zona urbana.

O prefeito Nélio Aguiar destacou que está tudo pronto. Segundo ele, a pasta responsável pela gestão do sistema municipal de educação já tomou as providências necessárias, juntamente com os gestores para o início das atividades escolares deste ano. Nélio pediu a contribuição dos pais e responsáveis para motivá-los e evitar faltas, além do apoio necessário às atividades de sala de aula dos alunos.

Nélio entende que se todos estiverem empenhados no processo de educação será possível zerar a evasão escolar, um dos objetivos da gestão. "Lembrando que a educação das crianças e dos jovens é uma responsabilidade compartilhada entre família, governo e comunidade, visando garantir um futuro melhor das gerações que estarão por vir”, enfatizou.

Nesse sentido, segundo o prefeito, o envolvimento e a participação da família no ambiente escolar são considerados componentes importantes ao sucesso das crianças. Nélio recordou que a Constituição Federal de 1988, por meio da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB 9.394/1996) e o Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei 13.257/2016), ressalta que uma das obrigações da escola é de se articular com as famílias (pais e responsáveis) a fim de promover a formação das crianças de hoje e dos cidadãos do amanhã.

Sistema municipal de ensino

A secretária de Educação, Mara Belo, informou que o sistema municipal de ensino está organizando em dois calendários escolares. O calendário 1, atende as peculiaridades das sub-regiões do Tapajós, Lago Grande e Arapiuns e a região do planalto, compreendendo as sub-regiões do Eixo Forte, Santarém-Cuiabá (BR-163), Curuá-Una 1, 2 e 3, além da zona urbana. A sub-região de Várzea é atendida pelo calendário 2, cujo ano letivo de 2019 ainda está em andamento e será concluído em 30 de abril de 2020.  

O calendário escolar 2020 prevê o início das aulas dia 17 de fevereiro e o término em 30 de dezembro, divido em quatro bimestres, com suas respectivas avaliações. A escola tem a liberdade de incluir em sua programação as atividades escolares e da comunidade, sem prejuízo aos 200 dias letivo que este ano é complementado com nove sábados letivos, distribuídos ao longo do ano. Mara Belo informou que desde 2017, a gestão da Semed vem trabalhando para reduzir os sábados letivos, conseguindo um avanço significativo de dezoito para nove em 2020.

A secretária destacou que o ano letivo inicia também com a construção, reforma e ampliação de 22 escolas, sendo nove no planalto, seis na região de rios e sete na cidade. Sobre as escolas que estão recebendo serviço de melhoria, as atividades escolares vão iniciar de maneira total, parcial e em espaços adaptados no entorno da escola.

Em alguns casos, as atividades devem iniciar somente com a conclusão das obras, previstas para a primeira quinzena de abril. Nesses casos, a assessoria específica e a gestão da referida escola devem elaborar um calendário especial, sem abrir mão dos 200 dias letivos, previstos em lei.     

A coordenadora educacional da Semed da região de Planalto, professora Marluce Pinho, declarou que as providências já foram tomadas visando o início do ano letivo. Segundo a professora são 98 escolas, distribuídas em 38 polos, para atender 10.656 alunos, nas regiões de Curuá-Una, BR 163, Eixo Forte, já aguardando o início das atividades escolares.

Marluce disse ainda que todas as escolas polo estão recebendo o mobiliário novo e livros de 1º ao 5º ano. "O setor de patrimônio da Semed está fazendo a entrega e dentro de poucos dias todas as escolas devem receber os equipamentos e os livros, assim como o transporte escolar visando à condução dos alunos”, ressaltou Marluce.

A coordenadora educacional da cidade, professora Marilza Serique também confirmou que as providências sobre matrículas e lotação de professores estão concluídas à espera do início do ano letivo. Sobre as escolas que estão em construção, reforma e ampliação na zona urbana, os gestores dos respectivos educandários, em parceria com a Semed e a comunidade já fizeram as adaptações necessárias.

Segundo Marilza, somente a escola Municipal Haroldo Veloso vai aguardar uma data para iniciar suas atividades. No entanto, o Brasileirinho,  anexo da Haroldo Veloso vai iniciar suas atividades normalmente. Serique disse ainda que nesse caso, os gestores são orientados a elaborar um calendário alternativo, de maneira a não sacrificar os 200 dias letivos previstos em lei.

Creches

Em reunião com a coordenação do setor de Educação Infantil da Semed e  coordenadores das unidades ficou decidido que as atividades iniciam normalmente no dia 17 de fevereiro. Em se tratando da Umei São Cristóvão, coordenada pelo professor Fábio Matos, com atividades apenas nas salas aptas a receber os alunos, quando o trabalho de reforma iniciar será estimado o tempo de realização e somente nesse período as aulas serão suspensas.

Nas unidades Manoel Ruinaldo da Silva Correa, Marilda Vasconcelos, Paulo Freire, Ademaro da Silva Neves e Antônia Correa e Sousa ficou acordado que iniciarão as atividades no dia 17 de fevereiro em caráter parcial e retornará ao horário oficial ao término dos trabalhos de impermeabilização das calhas das referidas unidades.

Orientações

Para finalizar, a secretária de Educação chamou atenção da equipe gestora das escolas  quanto aos objetivos e metas propostas para o ano de 2020; aos professores disse que se espera por um ensino com paciência e amor; aos alunos que respeitem seus professores e a atenção quanto à frequência diária dos professores e dos alunos; aos pais que participem das atividades escolares de seus filhos, com atenção especial aos cadernos e aos livros que devem ser entregues nos primeiros dias de aula. 

Além disso, lembrou que em 2020 essa jornada escolar estará apoiada na nova Base Nacional Comum Curricular (BNCC), que promove a igualdade educacional e também possibilita às escolas a liberdade de formalizarem o seu currículo. Nesse aspecto, que as escolas possam assegurar a formação comum indispensável ao exercício da cidadania; que a ação de todos da Secretaria de Educação, assim como os que compõem as unidades escolares da rede municipal sejam o reflexo de responsabilidade, de respeito às diferenças, de compromisso, de compreensão, amizade, de otimismo e de muito amor.

“Que as ações da Semed possam inspirar outras ações e que as nossas ações possam ajudar o mundo a ser melhor”, concluiu.

Acompanhe as ações da Prefeitura de Santarém nas redes sociais:
Facebook: https://pt-br.facebook.com/prefeituradesantarem/
Instagram: @prefeituradesantarem
Youtube: Canal da Prefeitura de Santarém

Ednaldo Rodrigues Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação