Notícias

Atualizado em 07/09/2019 às 11h54

Seaster capacita Supervisores Municipais do Programa Primeira Infância no SUAS

Com objetivo de avaliar e trazer informações atualizadas sobre o Programa Primeira Infância, no Sistema Único de Assistência Social (SUAS), aconteceu durante uma semana, no Centro Regional de Governo, em Santarém, uma capacitação ministrada pela multiplicadora do Programa Criança Feliz (PCF) da Secretaria Estadual de Assistência Social Trabalho Emprego e Renda (Seaster), Adriana Barros.

A multiplicadora destacou que a capacitação seguiu o guia da visita domiciliar do Programa. "Sabemos que Santarém já vinha realizando visitas só que precisavam de aprimoramentos porque o PCF é um programa novo no Primeira Infância, no SUAS, e ele está passando por constantes renovações em termo de ministério. Então, foi necessário fazer essa capacitação. A equipe se mostrou bem empenhada em buscar os conhecimentos. A partir daqui é um marco para um aprimoramento dentro do município em prol do desenvolvimento infantil”,  disse Adriana.

Santarém aderiu ao Programa Criança Feliz há pouco mais de um ano e atingiu a meta do Ministério da Cidadania, que é acompanhar 800 famílias. "Na Semtras, temos importantes programas sendo desenvolvidos, mas o Criança Feliz tem um acompanhamento mais amplo. Ele atende desde a grávida até a criança de 6 anos em situação de vulnerabilidade. Ficamos felizes com os avanços alcançados com esses acompanhamentos. Temos uma grande equipe de pessoas com muita garra trabalhando conosco. Por isso, seremos exemplo para os estados brasileiros",  pontuou a Secretária Municipal de Trabalho e Assistência Social , Celsa Brito.

O Programa está em 4 Centros de Referência de Assistência Social (Cras): Santarenzinho, Nova República, São José Operário e Urumari. Uma média de 200 famílias em cada centro é  acompanhada em suas residências. A equipe é composta por 4 supervisores e 56 visitadores.

A coordenadora do Programa Criança Feliz em Santarém, Louise Aguiar, acompanhou a capacitação e agradeceu a equipe da Seaster por reconhecer que em pouco tempo Santarém já traz inovações com a proposta de ampliação do Programa, que vai até as casas das famílias para ir ao ambiente de acolhimento como a Casa de Acolhimento Reviver (CAR), até as Famílias Acolhedoras do (PFA) e principalmente à  Casa de Acolhimento Para Adultos e Famílias (CAAF),  que acolhe os indígenas Waraos.

"O Programa Primeira Infância no SUAS tem sido um marco importante para o desenvolvimento integral das crianças na primeira infância, pois é nessa fase que a criança desenvolve suas principais habilidades e características que vão influenciar na suas relações ao longo da vida. Por isso, a relevância de um programa específico para essa fase, tão crucial na vida delas. Acredito que estamos cultivando frutos e colheremos o resultado mais tarde", enfatizou a coordenadora.

A supervisora do PCF no bairro São José Operário, Elci Freire Ferreira Souza, que trabalha no Programa desde sua implementação, avaliou a capacitação como extremamente importante. "Muito conhecimento, vamos continuar super empoderadas para colocar em prática tudo que aprendemos nessa semana. Soubemos das modificações, as reformulações e agora iremos colocar em prática".

Participaram da capacitação visitadores dos municípios de Santarém, Medicilândia, Itaituba e também a coordenadora da área de assistência social do Centro Regional de Governo Soliene Silva. 

A Seaster entregou a  todos os participantes certificados da capacitação.

Sobre o Programa:

O Programa Criança Feliz tem como objetivo promover o desenvolvimento humano a partir do apoio integral das crianças na primeira infância, considerando sua família e seu contexto de vida. Tendo como público prioritário crianças de até 36 meses e suas famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família e crianças de até 72 meses e suas famílias beneficiárias do Benefício de Prestação Continuada (BPC) e gestantes.

O Programa Criança Feliz em Santarém é coordenado pela Semtras, que articula as ações das políticas de Assistência Social, Saúde, Educação, Cultura e Direitos Humanos. Com a implementação de ações no campo das políticas públicas, o Programa apoia às famílias para o exercício das funções de proteção, cuidado e educação das crianças.

A equipe do PCF é composta por supervisores e visitadores que realizam as visitas domiciliares domiciliares, aplicando o método CDC (Cuidados com o Desenvolvimento da Criança) do UNICEF, confeccionam os brinquedos que são utilizados semanalmente no acompanhamento dos usuários do Programa.

Geisa de Oliveira Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação