Notícias

Atualizado em 22/06/2019 às 9h10

Ações de saúde e atividades culturais marcam os 4 anos do Centro de Artesanato do Tapajós


A Artesão, Raimunda Figueria com a Coordenadora do Cristo Rei, Cássia Mendonça e o Secretário Diego Pinho no Corte do Bolo (Foto: Junior Aguiar)Uma vasta programação marcou a sexta-feira (21), de comemoração dos 4 anos do Cristo Rei – Centro de Artesanato do Tapajós. Nos festejos foram oferecidos à população santarena serviços de orientação para a saúde e atividades culturais, além do tradicional parabéns.

Pela manhã, foram realizadas atividades de saúde com o Consultório de Saúde da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa) com serviços de aferição de pressão arterial, aconselhamento de alimentos saudáveis, medição de massa corpórea (IMC), Auriculoterapia e roda de conversa sobre a saúde mental e qualidade de vida, com o tema "Depressão".Adson Wender e José Luiz recebendo a comenda pela Filarmônica Municipal (Foto: Junior Aguiar)

De acordo com a artesã, Raimunda Figueria, o assunto foi muito oportuno. "Foi muito boa a Roda de Conversa, pois precisamos conhecer mais sobre esse grande mal da atualidade. Já tive um caso na família e que o artesanato ajudou a superar a doença. Na conversa um dos pontos principais para vencer esse mal é a ocupação da mente, e o trabalho manual é um deles", ressaltou.

Professor do programa Sa·de Coletiva da Ufopa, Rui Harayama (Foto: Junior Aguiar)O professor do programa Saúde Coletiva da Ufopa, Rui Harayama, falou da importância da parceria para os frequentadores do Cristo Rei. "Aqui a gente está fazendo uma orientação específica sobre a qualidade de vida. Estamos avaliando os sinais vitais, pressão, peso, massa corporal, isso é importante para sensibilizar as pessoas de que é importante procurar cuidados com a saúde para prevenir doenças e muitas vezes a rotina diária impede que muitos procure os serviços de saúde e essa parceria é muito boa para os clientes aqui do Centro de Artesanato", explicou.

Pela tarde aconteceu os parabéns e o corte do bolo em comemoração aos 4 anos do Centro de Artesanato do Tapajós, momento em que o secretário de Turismo, Diego Pinho externou a grande admiração que o gestor tem pelos profissionais do artesanato de Santarém. "Quero iniciar minha fala reconhecendo esse trabalho que representa muito para a nossa sociedade santarena, de maneira especial para a nossa cultura e nosso turismo. Estamos trabalhando diuturnamente para que os nossos artesãos e seu trabalho sejam a cada dia reconhecidos não somente em nossa cidade, mas por onde o nosso artesanato chegue e essa é nossa missão, levar onde pudermos o nosso artesanato. A razão maior de hoje estarmos comemorando os 4 anos do Cristo Rei é o nosso Artesão, todo o nosso trabalho aqui é para vocês, os nossos parabéns também são para vocês", destacou.Servidores da Secretaria de Turismo no Corte do Bolo (Foto: Junior Aguiar)

Após os parabéns aconteceu a Mostra Cultural promovida pelo Conselho da Mulher Empresária da Associação Comercial e Empresarial de Santarém que rendeu homenagens às personalidades da cultura santarena que contribuem para o desenvolvimento artístico-cultural do município: o cantor, poeta e compositor Eduardo Dias, a artesão e a Filarmônica Municipal Professor José Agostinho da Fonseca.

A diretora do Conselho da Mulher Empresária da Aces, Rosemary Fonseca, ao agradecer o secretário de Turismo, Diego Pinho, falou da importância da parceria com o Cristo Rei e destacou que faz parte da construção da história dos quatro anos do Centro que é muito importante para os artesãos do município e o Cristo Rei, no dia do seu aniversário, sempre é um palco para as homenagens das personalidades do meio artístico de diversos segmentos do município. Rosemary, entregou a comenda Maestro Wilson Fonseca para a Filarmônica Municipal Professor José Agostinho, ao seu diretor Adson Wender que falou da honra me receber a Medalha. "É com imenso prazer e alegria que recebemos tão honrosa e tão valiosa. A primeira apresentação da Filarmônica foi aqui, no dia 4 de setembro de 1963, quando este prédio abrigava o Teatro Cristo Rei, e quero trazer aqui a frente o senhor José Luiz Barbosa, que é saxofonista e que participou desta primeira apresentação, eu quero passar para ele essa comenda, para representar toda essa história a qual somos muitos gratos" exaltou.Homenageados com a Aces e Semtur (Foto: Junior Aguiar)

A segunda personalidade a ser homenageada foi a senhora Inês Camargo que representou a Família Camargo, que tem uma representação bastante expressiva em várias manifestações artísticas em Santarém. A Família recebeu a Medalha das mãos do Presidente da Aces e do secretário de Turismo, Diego Pinho.

Inês destacou sua emoção em receber a homenagem. "Estou representando nossos irmãos da família Camargo. Quero agradecer ao secretário, Diego Pinho e a Associação. Quero dizer que é uma honra receber essa medalha porque estamos percorrendo o caminho que nossos pais percorreram, estamos na quinta geração e estamos mantendo as nossas tradições de família. Estou muito emocionada com este momento", ressaltou.

Cantor, Poeta e Compositor Eduardo Dias com diretoras da Aces (Foto: Junior Aguiar)O cantor, poeta e compositor Eduardo Dias foi o terceiro homenageado da noite, que recebeu a comenda da diretora Alana Silva. Eduardo Dias comntou sobre a satisfação de receber o reconhecimento. "Me sinto muito honrado por essa comenda que vem de uma Associação séria, responsável e preocupada na valorização dos artistas santarenos. Me sinto valorizado como artista, pela minha trajetória artística, porque nada melhor para um artista ser reconhecido, isso não tem preço, nada paga o reconhecimento da sociedade, obrigado mesmo", reconheceu.

Durante a programação aconteceu as apresentações da Filarmônica Professor José Agostinho e do Grupo Cultural Bailado de Carimbó.Filarmônica Professor José Agostinho (Foto: Junior Aguiar)

Tadeu Pinho Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação