Notícias

Atualizado em 11/06/2019 às 15h00

Condutores da BR 163 recebem Campanha de Enfrentamento ao Trabalho Infantil


A Prefeitura de Santarém por meio da Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtras), a Equipe das Ações estratégicas do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Aepeti), com o apoio do Ministério Público do Trabalho (MPT) em parceria com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) levou na manhã desta terça-feira (11), para a Rodovia BR 163 orientações sobre a campanha "Diga não ao Trabalho Infantil! Diga Sim ao futuro com aprendizagem" e a campanha nacional "Criança não deve trabalhar infância é para sonhar".

Segundo a coordenadora da equipe da Aepeti Carise Pedroso, a ação foi muito importante sendo uma oportunidade de levar esclarecimentos sobre a campanha que está sendo desenvolvida desde o dia 28 de maio no município. "O resultado foi que o 'Cinema Rodoviário' teve a presença de 124 pessoas entre condutores e passageiros que seguiam viagens para os municípios de Belterra, Mojuí dos campos e outras localidades. Todos assistiram um vídeo e receberam adesivos com os canais de denúncias e foram convidados a disseminar a campanha".

Atentos, os passageiros assistiram o vídeo e acompanharam a palestra objetiva. O passageiro eletricista Elimilson de Sousa observou ser uma importante oportunidade". Sabemos que a situação não está fácil, muitos pais colocam seu filhos para trabalhar e isso não é certo, eu tenho uma filha de 9 anos e sempre a incentivo a estudar e também a levo para a praça brincar", destacou o passageiro do ônibus.

A PRF deu o suporte para a divulgação da campanha . Segundo o policial federal André Rubira a PRF Trabalha em apoio com outros órgãos nas campanhas nacionais de exploração sexual, de erradicação ao trabalho infantil e essas datas fazem parte do calendário nacional para atuarem nas rodovias e no combate a esses tipos de malefícios. "Nós paramos os ônibus e carros de passeio e fazemos um convite para que as pessoas que estão sendo transportadas assistam uma pequena palestra sobre o tema, enquanto realizamos a fiscalização de trânsito nesses ônibus e carros que passam na rodovia durante a ação em apoio a campanha".

A procuradora do MPT Tatiana Amormino acompanhou a ação no 'Cinema Rodoviário' e avaliou mais esse momento de divulgação. "O evento teve por objetivo sensibilizar e motivar a reflexão das pessoas abordadas para as consequências do trabalho infantil. Em especial, sobre a relevância de se garantir o direito de brincar, estudar e sonhar, vivências que são próprias da infância e contribuem, decisivamente, para o desenvolvimento de crianças e adolescentes. Por isso, o tema da campanha é "Criança não deve trabalhar. Infância é para sonhar".

A ação contou com a presença da Procuradora Tatiana Amormino do MPT; Carise Pedroso, coordenadora da Aepeti; Marinete Farias (pedagoga) e Agatha Flexa (assistente social) da Semtras. Foram abordados ônibus de diversas linhas intermunicipais totalizando 124 pessoas alcançadas. Ao final da palestra foram distribuídos adesivos e cartilha do MPT alusivos à campanha.

A programação da campanha encerra nesta quarta-feira, 12 de junho, Dia Mundial de Enfrentamento ao Trabalho Infantil, no Parque da Cidade, a partir das 14h com Concurso de Paródia envolvendo 5 escolas Municipais que já foram contempladas com o Projeto "Aepeti nas Escolas", sendo elas: Ester Ferreira, Nossa Senhora de Perpétuo Socorro, Princesa Isabel, Haroldo Veloso e Padre Manoel de Albuquerque. Participarão do concurso 20 alunos de cada escola que apresentarão uma paródia voltada ao tema da Campanha deste ano "Diga NÃO ao trabalho infantil! Diga SIM ao futuro com aprendizagem!".

Receberão premiações os ganhadores do 1º, 2º e 3º lugar.
1º lugar: 1 Central de Ar de 18.000 Btus para a Escola; Mochilas e Kits Escolares para os alunos.
2º lugar: 1 Caixa Amplificada com microfone para a Escola; Kits Escolares para os alunos.
3º lugar: 1 Kit de microfone sem fio para escola.

No evento terá apresentação teatral das crianças do SCFV do CRAS Urumari, animação da Trupe do Projeto Criança não trabalha e distribuição de lanches para as crianças.

Geisa de Oliveira Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação