Notícias

Atualizado em 10/06/2019 às 11h39

Prefeitura inicia o cadastro para o Residencial Moaçara; 150 atendimentos são realizados por dia


O sonho em adquirir uma casa própria levou centenas de pessoas a compareceram na manhã desta segunda-feira (10), no prédio do Trabalho Técnico Social (TTS), para fazer o cadastro do Residencial Moaçara e Moaçara II. A Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra), realizou o treinamento dos profissionais e até o dia 10 de julho vai realizar o cadastramento. 150 senhas estão sendo distribuídas diariamente.

O prefeito em exercício, José Maria Tapajós, acompanhou os primeiros cadastramentos. "A população já estava aguardando ansiosamente. Santarém já conta com o Residencial Salvação, o qual tem mais de 3 mil moradias. Agora teremos mais de mil apartamentos no Residencial Moaçara I e Moaçara II, do Programa Minha Casa Minha Vida, um modelo vertical de habitações, o que vai garantir mais dignidades a centenas de famílias", ressaltou.

Raimundo Gregório Lima, de 62 anos, não tem casa própria e está feliz por conseguir entregar toda documentação no primeiro dia de cadastro. "Fui um dos primeiros a trazer a documentação. Agora vou aguardar o processo de análise e espero ser contemplado com um apartamento".

A coordenadora do TTS, Euna Vasconcelos, explicou que os interessados estão sendo informados sobre a distribuição de senhas. Serão 150 por dia para evitar a formação de filas grandes. "Nossa equipe avisa a todos quais os documentos necessários para que o cadastro seja realizado. Não precisam formar fila durante à noite porque todos serão atendidos", explicou.

Local do cadastro:
Prédio do TTS, localizado na Avenida Cuiabá, nº 661, bairro Laguinho, das 8h às 12h e das 14h às 17h.

Para o cadastro é necessário:
Apresentar todos os documentos abaixo relacionados (original e cópia legível)
. Apresentar CAD Único atualizado
. Carteira de Identidade
. CPF
. Comprovante do estado civil (certidão de nascimento, certidão de casamento, se viúvo o atestado de óbito do cônjuge)
. Comprovante de renda (formal e informal)
. Comprovante de residência
. Comprovante de estado de deficiência por órgão ou perito oficial (se portador de deficiência).
Critérios do Programa
1- Estar inscrito no Cadastro Único para Programa Sociais do Governo Federal;
2- Não ter imóvel próprio em seu nome ou ter sido beneficiado por algum programa habitacional do governo;
3- Renda familiar mensal bruta de até R$ 1.800,00
4- Famílias que residam em área de risco, insalubres ou que tenham sido desabrigadas;
5- Famílias com mulheres responsáveis pela unidade familiar;
6- Famílias de que façam parte pessoas com deficiência;
7- Famílias moradoras do Município há mais de 5 anos;
8- Famílias que façam parte pessoas em situação de rua ou que recebam acompanhamento socioassistencial no Município e que constem como tal no Cadastro Único para Programa Sociais do Governo Federal- CadÚnico até 06 meses antes do processo de seleção.

Ailanda Tavares Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação