Notícias

Atualizado em 08/06/2019 às 10h27

Elaboração de currículos foi destaque em oficina de qualificação profissional do Acessuas Trabalho


O Acessuas Trabalho realizou no período de 03 a 07 mais uma oficina de acesso a oportunidades de qualificação profissional. O público foi de 25 usuários dos serviços socioassistenciais em situação de vulnerabilidade social ou econômica, do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Santarenzinho que passaram por atendimento individualizado pela equipe técnica do Programa.

O dia de destaque da oficina foi na quinta-feira (06) com a realiação de curso voltado para elaboração de currículos. Cada uma das 25 participantes encerraram as oficinas com seu currículos impressos e prontos para serem distribuídos.

"Foi muito interessante essa semana de capacitação e vai me ajudar bastante. Essa oficina de currículos foi bastante proveitosa e me orientou demais, pude incluir mais atividades em meu currículo. Sei que terei melhores possibilidades com um currículo bem elaborado", destacou a usuária Francisca Coelho da Silva, de 24 anos.

"O programa Acessuas busca através das nossas oficinas contribuir na preparação dos nossos usuários que almejam uma oportunidade profissional. Uma das portas de entrada é um bom currículo, que se torna o espelho do candidato que irá concorrer a uma vaga, por isso um currículo que chame a atenção do empregador e que tenha as informações necessárias é de suma importância", pontuou a coordenadora do Acessuas Trabalho Louise Aguiar.

"Mais uma vez cumprimos nosso objetivo de orientar nossos usuários para tentar uma vaga no mundo do trabalho. É importante esclarecer que os temas das oficinas que trazemos para os bairros são definidos de acordo com a demanda do público. As oficinas dessa semana foram para os usuários do serviço do Cras Santarenzinho, na Igreja Assembléia de Deus. A oficina foi produtiva, pois alguns participantes não tinham conhecimento a respeito do tema e cada um saiu com seu currículo impresso e pronto para dar o primeiro passo, que é a entrada no mercado de trabalho", avaliou técnica de referência do programa Naira Costa.

Geisa de Oliveira Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação