Notícias

Atualizado em 05/06/2019 às 18h04

Campanha contra influenza H1N1 imuniza 83.155 pessoas em Santarém


Cobertura vacinal de 89,71% e 83.155 pessoas dos grupos prioritários imunizadas até o dia 31 de maio. Esse é o resultado do balanço da Campanha de vacinação contra a Gripe Influenza A/H1N1 realizada em Santarém. A Prefeitura de Santarém, por meio da Divisão de Vigilância em Saúde (Divisa), da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), divulgou na tarde desta quarta-feira (5), os dados conclusivos da campanha nacional no município. O fechamento foi possível após a chegada dos dados provenientes das regiões ribeirinhas que devido à distância da área urbana demoram um pouco mais para serem computados.

Ao todo foram imunizadas 83.155 pessoas dos grupos prioritários até o dia 31 de maio, último dia da campanha na cidade. O município atingiu o percentual de 89,71% de cobertura vacinal, não conseguindo atingir a meta estipulada pelo Ministério da Saúde que era vacinar 92.693 pessoas.

"Não faltaram vacinas durante a campanha. Todas as nossas UBSs estiveram abastecidas com a vacina, ficando à disposição dos grupos prioritários. Infelizmente muita gente deixou de se imunizar, apesar dos nossos alertas constantes e da boa divulgação na imprensa e nas redes sociais sobre os riscos que a gripe influenza A/H1N1 pode trazer, inclusive com registro de morte aqui em Santarém", avaliou a coordenadora local da campanha, enfermeira Edna Gadelha.

Dos grupos prioritários, apenas os professores e pessoas com comorbidades (duas ou mais doenças em simultâneo na mesma pessoa) atingiram a meta de vacinação durante a campanha. Assim, o número de imunizações ficou com o seguinte quantitativo:

Legenda:
Em verde - grupos que ultrapassaram a meta
Em vermelho - grupos que não atingiram a meta 

Foram vacinadas ainda 1.326 pessoas privadas de liberdade; 243 funcionários do sistema prisional; 459 policiais militares, civis, bombeiros e membros ativos das forças armadas.

Após o dia 31 de maio, término da campanha nacional e seguindo determinação do Ministério da Saúde, a Semsa abriu a vacinação para toda a população enquanto durar os estoques nas UBSs. Porém, como restaram apenas pouco mais de 9 mil e 500 doses das 93 mil enviadas ao município, elas logo acabaram nas Unidades de Saúde. "Já não temos mais doses da vacina nas nossas UBSs. Estamos garantindo apenas a segunda dose da vacina para as crianças menores de 6 anos que precisam tomar duas doses", explica Edna Gadelha.

A enfermeira concluiu dizendo que a Divisa já solicitou para a Secretaria de Estado de Saúde do Pará (Sespa) uma nova remessa da vacina, mas ainda não recebeu retorno se serão enviadas e quando devem chegar ao município.


 

Acompanhe as ações da Prefeitura de Santarém nas redes sociais:
Facebook: https://pt-br.facebook.com/prefeituradesantarem/
Instagram: @prefeituradesantarem
Youtube: Canal da Prefeitura de Santarém

Dayse Lima Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação