Notícias

Atualizado em 21/05/2019 às 23h22

Prefeitura assina ordem de serviço para construção de microssistemas de água na zona rural


A Prefeitura de Santarém por meio da Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca (Semap) realizou na manhã desta terça-feira (21) a assinatura da Ordem de Serviço para implantação dos Sistemas de Abastecimento de Água das comunidades de Flamenguinho e Açaizal e também a ampliação do sistema de Irurama. A assinatura ocorreu no Centro Municipal de Informação e Educação Ambiental de Santarém (Ciam) e contou com a presença do prefeito de Santarém Nélio Aguiar, do vice-prefeito José Maria Tapajós, do secretário de Agricultura e Pesca Bruno Costa, o responsável pela empresa contratada, representantes das comunidades contempladas, além de técnicos da Semap.

Leia também:

O acesso a água é um direito fundamental de todo ser humano. Devido a grande extensão territorial do município, ainda existem comunidades tradicionais e ribeirinhas da região em que o fornecimento de insumos sociais básicos, como fornecimento de água potável ainda não chegaram à população. Porém, sensível a esta situação o município dá continuidade aos investimentos na implantação de novos sistemas de abastecimento de água na Zona Rural.

Em sua fala durante o evento, o prefeito Nélio Aguiar destacou o fortalecimento das ações da atual gestão relacionadas ao saneamento básico. "Reafirmamos aqui com todos os santarenos a continuidade de investimentos relacionados ao saneamento básico. Mesmo em período de crise, estamos investindo mais de 1 milhão de reais com recursos próprios visando melhorar a qualidade de vida dos moradores das comunidades", disse Aguiar.

Comunidade Flamenguinho
A comunidade atualmente já possui um microssistema de abastecimento de água, porém é antigo e não atende a necessidade de seus moradores. A rede de água (tubulação) possui diâmetros pequenos insuficiente para atendê-los com pressão adequada, além de que o poço possui profundidade rasa e não apresenta a oferta de água necessária para atender a comunidade.

A obra beneficiará 51 famílias e aproximadamente 205 pessoas. Na obra serão investidos R$ 385.284,39 (Trezentos e oitenta e cinco mil, duzentos e oitenta e quatro reais e trinta e nove centavos) fruto do Tesouro Municipal. A empresa Terra Construções e Serviços Ltda - ME que ganhou a licitação executará os serviços no prazo de três meses.

A estrutura do microssistema será integrada por um poço de 180 metros de profundidade e 3.405 de rede de água distribuída.

"Estamos felizes com a contemplação desse projeto que sonhávamos há anos. Agradecemos de coração ao prefeito Nélio por nos atender. Ele disse em campanha que iria construir o sistema na comunidade e está cumprindo", destacou o líder comunitário de Flamenguinho, Mesak de Oliveira.

Aldeia Açaizal
A Aldeia Açaizal, localizada na Região da Curua-Úna, não possuía sistema de abastecimento de água. A maioria da população da comunidade usufruía de poços "caseiros" particulares existentes em outras comunidades.

O serviço na localidade será executado pela empresa vencedora da licitação, Terra Construções e Serviços Ltda - ME e o prazo para a execução é de três meses. Na obra serão investidos R$ 419.273, 05 (Quatrocentos e dezenove mil, duzentos e setenta e três reais e cinco centavos ), fruto do Tesouro Municipal. O empreendimento beneficiará 60 famílias, cerca de 240 pessoas.

A estrutura do microssistema será integrada por um poço de 160 metros de profundidade e 5.271 de rede de água distribuída.

Emocionado, o comunitário Elias Moraes agradeceu ao prefeito e disse que a construção do microssistema irá mudar completamente a vida dos moradores. "A partir de agora os comunitários passarão a ter acesso a água potável de qualidade, em vez de utilizar os igarapés que contêm impurezas, além de irem buscar em outras localidades. Somos gratos ao prefeito por esta conquista", declarou.

Comunidade Irurama
A comunidade já possui um microssistema de abastecimento de água, porém é antigo e atualmente não atende a necessidade de seus moradores. O poço perfurado na década de 90 possui apenas 80 metros de profundidade e atualmente não supre a demanda de água exigida. O sistema de reservação também é de apenas 10.000 litros, quantidade insuficiente para levar água à totalidade dos moradores.

O empreendimento, que terá o acompanhamento do município, contemplará a perfuração do poço com 120 metros de profundidade e dois reservatórios de 20.000 mil litros (40.000 litros). A obra beneficiará aproximadamente 193 famílias e aproximadamente 652 pessoas. Na obra serão investidos R$ 218.733,67 (Duzentos e dezoito mil, setecentos e trinta e três reais e sessenta e sete centavos) fruto também de recursos próprios. A empresa Terra Construções e Serviços Ltda - ME que ganhou a licitação executará os serviços no prazo de dois meses.

"A água é um direito primordial da população. Enquanto município temos trabalhado para garantir o acesso a água boa e de qualidade principalmente nas comunidades mais distantes. O trabalho continua para beneficiar cada vez mais pessoas", declarou o secretário de Agricultura e Pesca, Bruno Costa.


Acompanhe as ações da Prefeitura de Santarém nas redes sociais:
Facebook: https://pt-br.facebook.com/prefeituradesantarem/
Instagram: @prefeituradesantarem
Youtube: Canal da Prefeitura de Santarém

Luan Rodrigues Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação