Notícias

Atualizado em 18/05/2019 às 11h41

Primeiro dia da Feira da Produção Familiar dá oportunidade de negócios para o produtor santareno

No Estacionamento do Rio Tapajós Shopping, zona oeste de Santarém, foi montado uma grande estrutura para abrigar a programação da "Primeira Feira da Produção Familiar do Oeste do Pará", que iniciou na noite desta sexta-feira (17) e seguirá até o próximo domingo (19). A noite de abertura do evento foi marcada pela exposição e comercialização de produtos da agricultura familiar de 33 expositores que fizeram a apresentação das suas culturas e shows culturais. O evento é fruto da parceria entre a Prefeitura de Santarém, por meio das Secretarias Municipais de Agricultura e Pesca (Semap), Turismo (Semtur) e Cultura (Semc), Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) através do Serviço de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) por meio da Consulte e Rio Tapajós Shopping.

Produtora Zilvandra Queiróz (Foto:Joyce Viana)A produtora rural Zilvandra Queiróz da comunidade de São Braz, no Eixo-Forte, aprovou a realização da Feira e falou que o evento é uma grande oportunidade de comercializar sua produção. "Nós pequenos produtores, sabemos da importância de um evento como este. Há dois meses montamos uma feira na comunidade para buscarmos alternativas de venda para nossos produtos e esta programação da Feira da Produção Familiar já está sendo positiva, pois as pessoas já estão comprando nossos produtos. Aqui no nosso estande temos vários produtos como, os doces de tapioca, a pamonha, a farinha, o molho de pimenta no tucupi e outros derivados", destacou.

Prefeito Nélio em visitação aos estandes, com o secretário de Turismo Diego Pinho, à direita, e Roberto Sardinha, à esquerda. (Foto: Joyce Viana)O prefeito de Santarém Nélio Aguiar visitou cada estande da Feira e destacou que o evento é um excelente espaço de negócios para o pequeno produtor e que a qualidade é a característica principal da programação. "Faço aqui algumas considerações importantes, o governo sempre busca trabalhar integrado, a questão da agricultura familiar com a Semap, a questão do turismo de base das comunidades com a Semtur e outras Secretarias apoiando, esse é um dos compromissos do governo, estreitar esses laços para aproximar mais o produtor, aquele que está lá na comunidade desenvolvendo sua cultura. Que ele tenha a facilidade de trazer o seu produto para a área urbana, com a oportunidade de negócio e transforme isso na sua renda familiar para continuar estimulando sua produção. Com essa Feira ganha o consumidor que vai consumir os produtos mais frescos, sem agrotóxicos, produtos orgânicos e que geram qualidade de vida para a população. Saio com uma boa impressão que essa ideia vai vingar comercialmente, gostei da qualidade da estrutura, dos produtos e da apresentação dos expositores, são os diferenciais desta Feira da Produção Familiar", endossou.

"É importante entendermos dois momentos. Um são estes três primeiros dias que acontece a Feira com a diversificação de produtos aqui no estacionamento do Rio Tapajós Shopping e o outro é o objetivo maior, da permanência dessa Feira neste local todas as terças-feiras para que toda a população que visita esse espaço tenha acesso aos produtos dos trabalhadores do campo, os produtos dos nossos artesãos para a valorização dessa produção. Aceitamos o desafio de trazer a Feira da Produção Familiar aqui para o estacionamento do Rio Tapajós para ficar mais acessível aos bairros mais distantes da área central, a exemplo dos bairros do entorno do Shopping, que são bairros bastante populosos, sendo que as feiras se concentram mais para o outro lado da cidade e aqui é uma oportunidade, não só para quem frequenta o local, mas também para os moradores desses bairros consumirem esses produtos" foi o que explicou o secretário de Agricultura e Pesca Bruno Costa, quando falou da escolha do local para a realização do evento.

Para o representante da Consulte Roberto Sardinha, que trabalha a assistência técnica para os produtores assentados do Eixo-Forte, a Feira da Produção Familiar do Oeste do Pará é um importante meio para que as comunidades coloquem seus produtos a disposição da população "Todos os nossos produtores trabalharam muito para trazer uma variedade de produtos. Temos vários derivados do cupuaçu, do açaí, temos aqui uma diversidade que representa a região do Tapajós, nossa região é rica em várias culturas e com a Feira já estamos movimentando a base de produção das comunidades, com isso estamos dando mais dignidade aos nossos produtores devido o espaço que demos a eles, o incentivo que eles merecem e com isso tirar proveito para adquirir produtos de qualidade, produtos orgânicos", frisou.

Acompanhe outras notícias 

Secretário Bruno Costa, prefeito Nélio, secretário Diego Pinho em visitação aos estandes dos parceiros. (Foto: Joyce Viana). O secretário de Turismo Diego Pinho falou da importância da Feira para a valorização dos produtores e sua produção que os incentiva aos trabalhos em suas comunidades, ao fortalecimento de suas culturas, pois uma das modalidades do turismo que atrai os turistas do mundo inteiro para Santarém é o Turismo de Base Comunitária, tendo como princípio a valorização do saber e do fazer de produção das comunidades da região. "Muitos turistas do mundo todo vêm para a região conhecer o modo de vida das nossas comunidades. Vem conhecer seus costumes, suas tradições, o qual chamamos de Turismo de Base Comunitária, que desperta no turista a vontade de ver de perto a sua produção artesanal, agrícola, gastronômica, enfim toda a vida das comunidades. E a Feira da Produção Familiar do Oeste do Pará dá esse destaque para nossos produtores sendo uma maneira de incentivá-los ainda mais, de ver na vida da sua comunidade uma outra maneira de geração de emprego e renda, através do turismo", ressaltou.

Além dos organizadores, a Primeira Feira da Produção Familiar do Oeste do Pará tem o apoio da empresa SuperCOMAM, TSA Indústria, Emater/PA, Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agropecuário e de Pesca, Banco da Amazônia e Amazônia Florescer. Na noite de abertura a programação contou com a apresentação cultural da Filarmônica Professor José Agostinho e o Grupo Cultural Festa de Carimbó.

Confira a programação para a segunda e terceira noite de Feira:
Sábado (18/05)
17h – Visitação nas Barracas das Comunidades dos 33 expositores da Feira
18h – Início da programação no palco central
21h – Apresentação Cultural do grupo de Carimbó Regional Tapajoara
22h – Encerramento

Domingo (19/05)
17h – Visitação nas Barracas das Comunidades dos 33 expositores da Feira
18h – Início da programação no palco central
21h – Apresentação Cultural do grupo Bailado de Carimbó
22h – Encerramento


Acompanhe as ações da Prefeitura de Santarém nas redes sociais:
Facebook: https://pt-br.facebook.com/prefeituradesantarem/
Instagram: @prefeituradesantarem
Youtube: Canal da Prefeitura de Santarém

Tadeu Pinho Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação