Notícias

Atualizado em 11/05/2019 às 10h47

Idosos do Cras Urumari polo Mararu participam de ação de saúde com o tema Sexualidade


"Ainda que o tema Sexualidade na Terceira Idade seja vista como um tabu foi uma tarde de importante troca e aprendizado. Fomos recepcionados com sorrisos e muita atenção", disse a professora Brena de Souza Ferreira que esteve com o Professor Marcelo de Paula, os acadêmicos do curso de Enfermagem 2017 da Universidade Estadual do Pará (Uepa), em parceria com a Unidade Básica de Saúde (UBS) nesta sexta-feira (10) realziando uma ação de Saúde para o grupo de idosos do Centro de Referência de Assistência Social Cras Urumari, polo Mararu.

"Os idosos tiraram dúvidas e quebramos juntos esse 'tabu' sobre o assunto. Foi uma oportunidade para nós profissionais e os demais acadêmicos ofertarmos testes rápidos, tiramos dúvidas e esclarecemos que a sexualidade que vai além do ato. A sexualidade é o contato, a amizade as relações com o mundo, com as pessoas", complementou a professora.

A ação aconteceu no barracão da Comunidade Mararu e discutiu o tema: 'Sexualidade na Terceira Idade" e as consequências encontradas na falta de informação que é imprescindível para que a saúde esteja presente no envelhecer.

A sexualidade é uma parte integrante da vida de cada indivíduo que contribui para a sua identidade ao longo de toda a vida e para o seu equilíbrio físico e psicológico.

Nesse sentido, é possível ter saúde através dos esclarecimentos sobre os desejos e as vontades, quanto ao seu modo de agir e as modificações que deverão existir em sua vida e em seu corpo. Ainda no mesmo contexto, é plausível o acompanhamento ao público idoso no que tange contribuir para uma vida com mais qualidade, como também, disponibilizar de momentos que venham trazer descontração com acesso a informações, assim desempenhando de forma satisfatória a relação do sujeito com o mundo.

Para os idosos foi proferida uma palestra sobre a IST (Infecção Sexualmente Transmissíveis), a cunho de informação e de resultados. Destacando então, a amplitude de conhecimentos tanto na área da psicologia como da enfermagem, que facilitou esse processo.

"Amamos o encontro, foi muito bacana, foi de muito aprendizado. Deu de tirar dúvidas e aprender mesmo sobre o tema. Foi muito divertido! Queremos mais palestras assim", observou Raimunda Iraci Mota Pereira usuária do Cras Urumari polo Mararu.

Geisa de Oliveira Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação