Notícias

Atualizado em 09/04/2019 às 18h23

Representantes do HMS participam de Encontro Internacional do Projeto Paciente Seguro, em Brasília


HMS foi a única unidade hospitalar municipal da região oeste do Pará selecionada para participar do projeto

Evento terá a duração de três dias e promoverá conhecimento acerca da segurança do paciente Participam do evento cerca de 300 profissionais da área da saúde que atuam em Hospitais de todo o Brasil, além de representantes das Secretarias de Saúde e do Ministério da Saúde (MS). Na abertura do evento, que ocorreu nesta terça-feira, 9 de abril, realizado no Centro Internacional de Convenções do Brasil, em Brasília, o diretor do Hospital Municipal de Santarém Dr. Alberto Tolentino Sotelo (HMS), Dr. Itamar Júnior, assinou um documento em que oficializa a participação do HMS no projeto "Paciente Seguro".

O projeto "Paciente Seguro", coordenado pelo Hospital Moinhos de Vento, de Porto Alegre, em parceria com o Ministério da Saúde por meio do PROADI-SUS, tem a finalidade de contribuir para a qualificação do cuidado em estabelecimentos de saúde, além de efetivar a implementação do Programa Nacional de Segurança do Paciente (PNSP).

A programação do Encontro, com duração de três dias, oferece várias palestras e oficinas de aprendizado voltadas para o tema segurança do paciente. Entre as atividades, será legitimado a adesão de 45 novas instituições ao Projeto que se somarão aos 15 hospitais que participam desde 2016. "Estamos muito felizes com essa seleção. No Pará somente 3 Hospitais foram selecionados este ano, dois na região metropolitana de Belém. Vamos receber assistência da equipe do projeto por 2 anos", contou Dr. Itamar.

Para Josiane Pimentel, coordenadora do Núcleo de Segurança do HMS, será um desafio grande mudar a cultura assistencial existente hoje na Unidade. Ela disse que a equipe está motivada a receber as capacitações e disseminar os novos conhecimentos entre os colegas. "Esperamos resultados como o aprimoramento das práticas assistenciais que garantem segurança ao usuário. São muitos protocolos a serem implementados. Um exemplo é a adesão à correta higienização das mãos, importante medida para prevenção de infecções", explicou.

Além do diretor do HMS, participam do evento duas integrantes do Núcleo de Segurança do Paciente, Josiane Pimentel e Andressa Azevedo; a supervisora do CCIH, Dayane Walmer e Carla Alzier, farmacêutica.

Seleção e visita de representantes do projeto
O Ministério da Saúde foi quem selecionou os hospitais após autocandidatura, de acordo com os critérios estabelecidos. Todos são hospitais que atendem pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e demonstraram interesse em dedicar equipe e tempo na melhoria e adequação dos protocolos de segurança do paciente.

Duas representantes do Hospital Moinhos estiveram no HMS há cerca de 15 dias para fazer um diagnóstico dos fluxos de atendimento. Na ocasião da visita, foi explicado à equipe que atuará na linha de frente do projeto que um dos principais objetivos é garantir a segurança das pessoas que irão passar por algum tipo de atendimento.
Também serão desenvolvidas ações como produções de materiais educativos, formação de profissionais com competências para executar Ciclos de Melhoria Contínua nos hospitais, integração das instituições participantes para promover a troca de experiências e aprendizado, além da educação de usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

Leia também:

 

===

Natashia Santana - Assessora de Comunicação do HMS

Redação Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação