Notícias

Atualizado em 06/04/2019 às 17h17

Vigilância sanitária apreende carne imprópria para consumo comercializada às margens da BR 163


Operação foi realizada na manhã deste sábado (6)Atendendo solicitação do Ministério Público, através da promotora Maria Raimunda, a Prefeitura de Santarém, por meio da Vigilância Sanitária (Visa) da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), deslocou uma equipe para fiscalizar a venda de carne suína ao longo das rodovias BR 163 e Fernando Guilhon.

Carne estava sendo comercializada de forma irregularA ação dos fiscais da Vigilância Sanitária ocorreu no final da manhã deste sábado (6) e contou com o apoio da Polícia Militar. Durante a fiscalização, a equipe constatou a venda de carne suína in natura, sem procedência, sem selo de inspeção sanitária e sem condições ideais de higiene.

O coordenador da Vigilância Sanitária Walter Matos informou que em alguns locais a carne comercializada estava estragada ou apresentava larvas de moscas. Segundo Walter Matos, por não apresentar condições de higiene, estando imprópria para consumo, a carne não pode ser doada e teve que ser descartada no aterro sanitário.

Quanto às pessoas que estavam comercializando os produtos, além de terem a mercadoria apreendida, foram notificadas pela Vigilância. A partir daí, em caso de reincidência, eles poderão ser multados.

Dayse Lima Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação