Notícias

Atualizado em 16/03/2019 às 21h06

Doze atrações artísticas culturais estiveram na abertura do Projeto Cultura na Comunidade 2019


Talentos de vanguarda e iniciantes apresentaram-se na abertura do Projeto Cultura na Comunidade 2019, na noite de sexta-feira (15) no bairro Esperança. A plateia alinhada no barracão comunitário prestigiou e aplaudiu, artistas da própria comunidade e convidados. No total, houve 12 atrações de capoeira, música, poesia e teatro. O Projeto foi idealizado pela Prefeitura de Santarém, através da Secretaria Municipal de Cultura (Semc) na parceria com as lideranças comunitárias. Oportuniza os talentos das comunidades, seja na música, na poesia, na dança, no teatro e demais artes.

Na ordem de apresentação as atrações foram:
• Teatro, Mostra do Espetáculo Exagero Total, Norminha;
• Música, Banda Sinfônica Maestro Wilson Fonseca;
• Capoeira, Grupo Centro Cultural União de Capoeira;
• Música, Pedrinho do Arrocha;
• Poesia, "Minha Escola" com Emily Sousa e Jeisa Batista;
• Música, Adriele dos Santos e Fernanda do Nascimento;
• Música, Agostinho da Mata;
• Música, Irineu Azevedo;
• Música, Eva Leite;
• Música, Amado Batista santareno;
• Música, Waldir Lemos;
• Música, Punk do Arrocha e Jeremias do teclado.

A banda base para os músicos foi, o Grupo Regional Mocorongo da Prefeitura de Santarém/Secretaria Municipal de Cultura ( Semc).

O secretário municipal de Cultura Luis Alberto Figueira, o Pixica, declarou que a terceira edição atendeu a proposta do Projeto Cultura na Comunidade. "Há interesse mútuo quanto a participação nessa estratégia de política cultural, reflexo do êxito das primeiras etapas. Por conta das solicitações das lideranças em receber a ação, o prestígio dos comunitários nas apresentações, interesse dos talentos da comunidade e dos artistas já experientes que entram em contato conosco para abrilhantar as noites", disse.

O presidente do bairro Esperança Raul de Jesus Ferreira destaca sobre a primeira experiência de receber o Projeto Cultura na Comunidade. "Estamos certos que veio somar com a comunidade, na valorização da cultura, trouxe destaques na arte em nosso município como a mostra desse espetáculo teatral, a Banda Sinfônica, músicos com grande experiência em shows regionais como o Punk e nos garantiu oportunidades, nas exibições dos nossos talentos na música e poesia. E vai mais além, esse serviço da cultura desvia, principalmente os menores de idade da linha da marginalidade. Ficamos gratos pela parceria", destacou.

Para o coordenador do Centro Cultural União Capoeira, sede no bairro Esperança, Gleidson Fernandes a participação no Projeto da Secretaria Municipal de Cultura foi valorosa. "Pelo espaço para divulgar ainda mais nosso trabalho na comunidade e reforçar a seriedade da filosofia por meio da capoeira. O nosso trabalho é afastar as pessoas de caminhos ociosos, e realizar o trabalho preventivo por meio da modalidade da capoeira".

Atualmente, o Centro tem 40 membros, distribuídos nos polos de Santarém (bairro Esperança e Tabocal) e no município de Belterra. Atende mulheres e homens de diferentes faixas etárias.

A categoria estudantil do bairro esteve representada, da Escola Municipal Helena Lisboa, nas apresentações, poesia e música. As alunas, Emily Sousa e Jeisa Batista, recitaram, a poesia, "Nossa Escola". A segunda dupla de estudantes foi de música, a Adriele dos Santos e Fernanda do Nascimento interpretaram a música da Banda Mellin, "Meu Abrigo", e usaram a tecnologia dos aplicativos para reforçar os ensaios. "Aqui tivemos a oportunidade de cantar para outros membros da comunidade, nos preparamos para fazer bonito. Trocamos áudios da nossa voz pelo Whatsapp e fomos alinhando a primeira e segunda voz para a apresentação. Ficamos maravilhadas pelo resultado apresentado e claro ouvir os aplausos da plateia é expetacular", disse a Adriele dos Santos.

Além de talentos da comunidade, o espaço é aberto aos artistas convidados, como o músico Agostinho da Mata, do bairro Aldeia. " Essa valorização da cultura nos bairros é essencial, abre espaço a todas as categorias da arte. E possibilita a nós, que a nossa arte chegue a vários lugares do nosso município, ainda influencia a valorização do artista local", elogiou.

O Projeto Cultura na Comunidade é uma das ações de campanha do governo Nélio Aguiar para democratização da cultura na permanência de ações culturais na área central e bairros mais afastados, com extensões a comunidades interioranas. A próxima etapa será no dia 27 de março, bairro São José Operário.

Alciane Ayres Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação