Notícias

Atualizado em 21/02/2019 às 10h51

Prefeitura lança 'Léo - o livro falante' para informar e ensinar através do lúdico

Primeira ação do personagem será a convocação dos alunos para volta às aulas.


A Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed) lança nesta sexta-feira (22) o personagem "Léo – o livro falante" que visa levar informações à comunidade escolar e auxiliar na aprendizagem de crianças e adolescentes da rede municipal de ensino de maneira lúdica. A primeira ação do personagem é a convocação dos alunos para a volta às aulas, que ocorre no dia 1º de março. A campanha de volta às aulas vai ao ar nos veículos de comunicação no período de 22 a 28 de fevereiro de 2019.

A secretária Municipal de Educação Mara Belo destacou que a pasta pretende investir mais em campanhas educativas e de motivação. "O projeto inicia com a campanha publicitária sobre o início do ano letivo de 2019. Queremos com essa iniciativa motivar e envolver de maneira mais ampla a comunidade escolar, de maneira lúdica e que tenha um alcance maior junto às crianças e aos adolescentes, que são o público alvo das escolas municipais", ressaltou.

O assessor para assuntos educacionais da Semed, professor Marcos Moura Gentil explicou o porquê da escolha do livro como personagem. "O livro ainda é o principal suporte de conexão das crianças com o conhecimento historicamente construído e, posteriormente, a ponte com a realidade posta. Por meio do livro as crianças tem acesso ao conhecimento, inspirando-se para elaborarem seus próprios livros", argumentou.

O professor continua explicando que a peça contém outros elementos, como a escola que ainda é o espaço institucionalizado para socialização do conhecimento, interações entre os sujeitos, vinculação entre saberes e pessoas. "A escola resiste ao tempo, sendo um dos principais espaços de produção e geração de democracia, onde se aprende sobre os valores de uma sociedade soberana e ao mesmo tempo, em permanente transformação".

A peça publicitária apresenta elementos que trabalham o resgate dos valores. São palavras como: Bom dia! Boa tarde! Com licença e Por favor - que são travessias sociais que refletem o respeito entre os atores que formam a comunidade estudantil, além de retratar a heterogeneidade de uma escola plural, diversa, de acessibilidade, de inclusão e aberta para receber a todos.

A Prefeitura, por meio da Secretaria de Educação vem conduzindo a sua missão, visão e valores, mantendo-se em uma linha coerente, reforçando diversos atores, situações e contextos sociais que são importantes para a garantia de aprender e do aluno ter acesso à escola. Com isso, o sistema de ensino não pode prescindir de se organizar e os professores por meio de suas formações podem ofertar melhor qualidade no ensino, sem abrir mão do importante papel da família.

Gentil afirma que é com a família que a criança e o adolescente passam maior tempo. Na escola eles permanecem entre quatro e cinco horas, mas com a família eles permanecem maior parte da vida. "Por isso, a educação dos filhos é dever da família. E a família precisa ser parceira da escola fortalecendo a cada dia o compromisso com a educação dos filhos".

Marcos Gentil concluiu dizendo que a escola público-gratuita é um investimento de todos aqueles que fazem a sociedade acontecer e por isso, é importante que neste início de ano letivo todos sejam envolvidos e comprometidos com a formação e a educação das crianças e dos adolescentes em idade escolar.


Saiba Mais:

Ednaldo Rodrigues Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação