Notícias

Atualizado em 20/02/2019 às 16h37

Reunião discute ampliação dos serviços do Abaré com fomento ao turismo de Santarém


Uma reunião entre Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Turismo (Semtur), Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa) e Empresa Júnior Ateliê Digital colocou em pauta o uso da Unidade Básica de Saúde (UBS) Fluvial Abaré para atividades ligadas ao turismo. A embarcação já é utilizada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) e Ufopa para realizar atendimentos médicos a comunidades da região do Tapajós.

Ampliar os serviços da UBS Abaré durante os outros dias do mês, através da atividade turística, sem comprometer o trabalho de saúde que já é realizado, foram os pontos abordados no encontro.

A ideia é que os universitários dos cursos de Ciências Econômicas, via empresa Júnior Ateliê Digital da Ufopa, coloquem em prática os conceitos da universidade e o empreendedorismo através de uma agência de viagens virtuais voltadas ao ecoturismo e turismo de base comunitária.

A iniciativa, que também deve proporcionar capacitações, é do Programa de extensão cadastrado na Pró-reitoria de Extensão da Ufopa em parceria com a Prefeitura. Além de contribuir com a formação dos universitários, que terão a possibilidade de viver na prática a realidade do setor e coletar dados turísticos das comunidades tradicionais, a proposta deve ajudar a fomentar a atividade turística consciente em Santarém com possibilidade de ampliação para atender os municípios que compõem o polo Tapajós, viabilizando geração de renda e consequentemente qualidade de vida nas comunidades.

"Esse programa contribuirá de forma significativa para a formação dos nossos alunos, via Empresa Júnior, tendo como base o empreendedorismo, o ecoturismo e o turismo de base comunitária, aliado às atividades de ensino, pesquisa e extensão que já são desenvolvidas no Abaré, mantendo as atividades de saúde que ocorrem mensalmente na UBS. Além disso, esse programa vai contribuir para a melhoria dos serviços oferecidos pelo Abaré, por meio do recurso financeiro gerado na atividade turística que será revertido para manutenção da estrutura da embarcação e aquisição de novos equipamentos para as atividades de saúde já desenvolvidas", informou o Pró-reitor da Cultura, Comunidade e Extensão (Procce) Professor Dr. Marcos Prado Lima.

"Assim como no mês passado, quando realizamos uma visita técnica à comunidade de Coroca, que fica localizada na região do Arapiuns, onde foi feito um levantamento das potencialidades da comunidade para incentivar o turismo de base comunitária, um planejamento está sendo elaborado para que seja realizada uma expedição 'Tapajós-Arapiuns' a fim de identificar o potencial de cada comunidade. As visitas técnicas fazem parte do nosso planejamento para trabalhos na região de rios no ano de 2019. Por isso procurei a Ufopa para firmar essa parceria de incentivo ao turismo da nossa região", disse o Secretário Municipal de Turismo Diego Pinho.

Além da Ufopa, a Semtur também está alinhando apoio com demais instituições acadêmicas para colocar os projetos que incentivam a atividade turística em prática, dentro de suas competências.

Sobre o Abaré
A Unidade Básica de Saúde (UBS) Fluvial Abaré é a primeira embarcação no país cadastrada pelo Ministério da Saúde como Unidade de Saúde da Família Fluvial (USFF). Ele pertencia à ONG holandesa Terre de Hommes (TDH), mas depois que encerrou as atividades no Brasil, foi repassado à Ufopa com recursos do Ministério da Saúde.

O Abaré realiza atendimentos de saúde nas comunidades mais distantes e de difícil acesso. As ações de atendimento ocorrem graças a um termo de acordo de cooperação mútua assinado no dia 15 de junho, entre a Ufopa e a Prefeitura de Santarém, através da Semsa. Dentre os atendimentos disponibilizados pelo Abaré, estão: consulta odontológica (extração, restauração, limpeza, aplicação de flúor, etc.), consultas médicas, exames de Preventivo do Câncer de Colo de Útero (PCCU), vacinação e atendimento de enfermagem, testes rápidos (HIV, sífilis e hepatites virais), remédios da farmácia básica e pré-natal.

A equipe do Abaré conta com médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem, odontólogo, técnico em saúde bucal, técnico em patologia, agente de endemias, farmacêutico e pessoal de apoio, levando atendimento humanizado e de qualidade aos moradores das comunidades ribeirinhas do município. Depois que foi repassado à Ufopa, também passou a ser usado para pesquisa e extensão.

Saiba mais:

*Colaborou Dayse Cristina - Assessoria/Semsa
Redação Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação