Notícias

Atualizado em 06/02/2019 às 13h41

Donos de Barracas da Ilha em Alter do Chão recebem orientações sobre formalização de empresas


Na tarde desta terça-feira, a Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Turismo (Semtur) e o Serviço de Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) reuniram com representantes da Associação das Barracas da Restinga de Alter do Chão (Abralter) para apresentar os benefícios que os associados da entidade podem adquirir com seus empreendimentos formalizados, com o registro do CNPJ.

De acordo com o secretário municipal de Turismo Diego Pinho, a formalização é muito importante para que a Semtur possa direcionar melhor os trabalhos da secretaria no que se refere a capacitações, oficinas e cursos em parceria com o Sebrae, além de estarem aptos à receberem os benefícios que a formalidade oferece. "Hoje viemos até os barraqueiros para conversar, com o propósito de ajudá-los em sua formalização, por isso trouxemos uma analista do Sebrae que explicou as vantagens para a formalização, na busca de trazer o entendimento sobre a regularização dos empreendimentos e as vantagens que o pequeno empreendedor formalizado tem diante as opções de melhorias de seu trabalho, como linhas de créditos e financiamentos", explicou.

A  Presidente Abralter, Suzete Lobato disse que a reunião foi importante e esclarecedora e que vai motivar os associados a se regularizarem como empreendedores. "A conversa com o pessoal do Sebrae e do Turismo, a respeito de formalizar nosso trabalho com as barracas foi proveitosa. A maioria dos barraqueiros vai tentar abrir a empresa, os que não compareceram vamos explicar essa importância. Tenho meu filho e minha nora que tentaram abrir a empresa deles e ainda não conseguiram e essa vai ser uma oportunidade".

A analista do Sebrae Socorro Gonçalves destacou os principais benefícios que os participantes terão a partir de sua formalização. "Na reunião explicamos todo o processo de formalização para os interessados em se tornarem microempreendedor individual e quais benefícios gerados, como a garantia de aposentadoria, acesso aos benefícios do INSS, como auxílio doença, auxílio maternidade. Toda a proteção previdenciária, além das facilidades de compras de equipamentos e insumos para o trabalho diário dos barraqueiros", informou.

Além da formalização dos barraqueiros, foi discutido na reunião a implantação de energia solar nas barracas para que os empreendedores possam mudar a forma de armazenamento, tendo um sistema de energia e assi possam adquirir equipamentos e internet para as barracas.

Tadeu Pinho Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação