Notícias

Atualizado em 05/02/2019 às 12h57

Prefeitura intensifica ações de prevenção à gravidez na adolescência


A incidência de gravidez na adolescência ainda é um fato que preocupa a Saúde em todos os setores da sociedade. Pensando nisso, a Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), está realizando diversas atividades nas Unidades Básicas de Saúde (UBS's), como parte da Semana Nacional de Prevenção à Gravidez na Adolescência, instituída oficialmente por lei este ano, pelo governo federal, com início das atividades sempre a partir do dia 1º de fevereiro.

As atividades nas UBS's estão sendo colocadas em prática por meio do Programa Saúde na Escola, da Semsa, e posteriormente devem ser estendidas às escolas da rede municipal, assim que iniciarem as aulas.

A programação iniciou oficialmente na segunda-feira (04), na UBS Uruará, com uma palestra proferida pela Dr. Karlisson Cunha, que atende naquela unidade de saúde. Além de consultas médicas, a equipe de saúde do Uruará realizou ainda testes rápidos, atendimentos de enfermagem, vacinação e também fez a implantação e expedição da Caderneta do Adolescente, dentre outros atendimentos.

Dados sobre gravidez na adolescência
A gravidez na adolescência é considerada a que ocorre entre os 10 e 20 anos, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS,) e é apontada como uma gestação de alto risco. Diversos são os fatores que implicam na intervenção e debate acerca do assunto. Alguns deles são a propensão de riscos na gestação devido à falta de preparo do corpo de uma adolescente, podendo até levar a morte, além de comprometer o desenvolvimento social das jovens mães.

O Brasil apresenta elevados índices de adolescentes grávidas. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o país tem índice acima da média latino-americana. O último relatório divulgado pela OMS, indicou que a cada mil adolescentes brasileiras na faixa de 15 a 19 anos, 68,4% ficaram grávidas e tiveram seus bebês.

Em Santarém, de acordo com dados de 2018, divulgados nesta terça-feira (05) pela coordenação do Programa de Saúde da Criança e do Adolescente da Semsa, 12 adolescentes na faixa etária de 10 a 14 anos ficaram grávidas e participaram do pré-natal nas UBS's santarenas, uma média de 1 (uma) adolescente gestante a cada mês do ano passado. Na faixa etária de 15 a 19 anos o número foi bem maior: 140 adolescentes, no total.

De acordo com a coordenadora do Programa de Saúde da Criança e do Adolescente da Semsa, enfermeira Graça Almeida, esses números podem ser muito maiores, já que muitas meninas, especialmente no interior, não fazem esse acompanhamento. Segundo a enfermeira, o tema precisa ser conversado de forma mais aberta. "O aconselhamento dos pais é primordial para essa fase, conversar sem medos e tabus pode ser a melhor forma de prevenir os jovens de acabarem antecipando suas vidas e tendo que encarar uma gravidez na adolescência. Não adianta só a equipe da saúde fazer, a escola debater, é preciso que esse trabalho seja feito também em casa, com a família", ressalta.

Políticas públicas voltadas aos adolescentes
Segundo Graça Almeida, a gestão municipal tem feito sua parte para melhor atender os adolescentes. As UBS's possuem equipes que trabalham a orientação, além de disponibilizar preservativos, com o objetivo de evitar a gravidez precoce bem como as doenças sexualmente transmissíveis. "A Semsa está implantando ainda o Programa de Saúde do Adolescente em todas as suas UBS's, com a formação de grupões três vezes por semana para o atendimento específico a esse público. Estamos implantado ainda a carteira do adolescente em todas as unidades, para trabalhar o tema nos grupões e nas escolas. Solicitamos também à todos os coordenadores de UBS's que deixem pelo menos uma vaga reservada para o atendimento de adolescentes de forma direta e sem precisar concorrer com todos os outros usuários, tudo para dar toda a assistência necessária aos nossos adolescentes", salienta Graça Almeida.

Programação nas UBS's pela Semana Nacional de Prevenção à Gravidez na Adolescência
Até o dia 8 de fevereiro, as UBS's estarão ofertando atividades educativas relacionadas ao tema gravidez na adolescência (métodos contraceptivos, riscos e cuidados durante a gravidez), além de testes rápidos (HIV, sífilis, hepatites B e C), atendimentos de enfermagem, consulta médica, implementação da Caderneta do Adolescente, aferição da pressão arterial, avaliação antropométrica, imunização, Avaliação de Índice de Massa Corporal (IMC), dentre outros.

Confira o dia a dia da programação em cada UBS:
04 de fevereiro de 2019
UBS Uruará

05 de fevereiro de 2019
UBS Santo André

06 de fevereiro de 2019
UBS Santarenzinho
UBS Maracanã

07 de fevereiro de 2019
UBS Floresta
UBS Maicá
UBS Vitória Régia
UBS Conquista

08 de fevereiro de 2019
UBS Nova República
UBS Aparecida/Caranazal
UBS Fátima/Laguinho
UBS Esperança

Dayse Lima Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação