Notícias

Atualizado em 24/01/2019 às 11h20

Jaguarundi que sofreu atropelamento é resgatado por fiscais da Semma


Momento em que o animal foi resgatadoEquipe de fiscalização da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) realizou ao longo da tarde de quarta-feira (23) o resgate de um jaguarundi. O animal foi vítima de atropelamento nas proximidades da rotatória situada no cruzamento da Rodovia Fernando Guilhon com Rodovia Everaldo Martins.

"Fomos acionados pelo biólogo Sidcley Matos que passava na área, utilizou sua eficiente técnica para capturar o animal ferido e salvar o lindo exemplar. Em seguida, encaminhamos para o ZooUnama, onde a equipe de biólogos fez o recebimento e prestou os primeiros socorros", informou o fiscal ambiental da Semma Patrick Miléo.

O Jaguarundi – da espécie Herpailurus yagouaroundi – está na lista de animais em extinção. Também é conhecido como gato-mourisco, eirá, gato-preto, raposa-de-gato, onça-de-bode e maracajá-preto. É um mamífero carnívoro da família dos felídeos, nativo da América do Sul, passando por todo o Brasil até ao norte da Argentina.

"É importante que os motoristas tenham mais atenção ao dirigir e fiquem atentos para evitar o atropelamento dos animais que cada vez mais estão ficando sem seu habitat", destacou o fiscal ambiental Patrick Miléo.

Segundo a Lei Federal de Crimes Ambientais nº 9.605/1998, quem matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória é crime ambiental. O infrator está sujeito a pena de detenção de seis meses a um ano e multa.

Júlio C. Guimarães Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação