Notícias

Atualizado em 18/07/2017 às 13h43

Exaltação no dia do aniversário da cidade de Santarém Nas Artes: Cênica E Música


No dia do aniversário de 356 anos de Santarém, quinta-feira (22), a Prefeitura de Santarém, através da Secretaria Municipal de Cultura (Semc), ofertou duas opções de entretenimento artístico cultural, o espetáculo, "Contos, Cantos e Encantos Tapajônicos", da Companhia de Teatro Olho D´Água, no Theatro Municipal Victória e o tradicional Show Canta Santarém, na Orla da cidade, especificamente a frente do Centro Cultural João Fona (CCJF). Esse contou com a participação dos 25 artistas santarenos, letras e harmonias musicais voltadas as atribuições peculiares da Pérola do Tapajós.

Segundo o secretário municipal de cultura, Luis Alberto Figueira, os festejos no dia do aniversário da cidade com duas atividades de extrema importância, foi um grande destaque e presente para o povo. "O destaque as nossas artes cênica, com o premiado espetáculo que narra a história e a cultura popular da Amazônia e a musicalidade com efeito nostálgico e utópico. E prosseguindo a linha do governo municipal a valorização dos artistas locais. A nossa programação cultura prossegue até sábado", explicou.

Segundo a atriz do espetáculo, Elizângila Dezincourt, "Contos, Cantos e Encantos Tapajônicos, o principal objetivo é levar para cena o imaginário amazônico. Além de divulgar a sabedoria popular. O espetáculo é resultado de uma pesquisa realizada em 2009 e 2010 pela atriz e diretora teatral Elizângila Dezincourt, na ênfase da cultura popular e nas histórias das populações tradicionais, ribeirinhos e moradores das cidades de Juruti, Santarém, Oriximiná, Alenquer e Óbidos. "Trata-se de uma trama, uma teia, uma barafunda de tramóias percorrendo as aventuras do imaginário amazônico, onde o publico verá uma só atriz dando conta de tudo. Como? Narrando"". explicou.

O espetáculo premiado, em 2010, prêmio Myriam Muniz de Teatro da Funarte. Direção, Elder Aguiar. Elenco: Elizângila Dezincourt e a Concepção Musical de Ádrio Denner. Músicos: Pedro Garcia e na percussão Enzo Gabriel Aguiar. Na plateia, um dos renomados atores de Santarém, no gênero arte sacra, Carlos Miranda destacou a atuação da artista. "É difícil para o ator passar ao público, o gestual e fala, necessário muito sincronismo na dinâmica do espetáculo, que conta várias histórias. E todos estão de parabéns pelo desempenho, o qual consegui visualizar a narrativa na atuação da atriz Elizangila em cena e nos passou a emoção. E novamente parabéns", elogiou Miranda.

E o Show Canta Santarém agregou artistas estreantes e de vanguarda, a abertura da cantoria em homenagem a Santarém foi com renomado nacional e internacional, violonista, Sebastião Tapajós. "É importantíssimo participar desse grandioso evento, eu nunca me neguei, e nunca vou me negar a participar, porque Santarém vive eternamente no meu coração", destacou o violonista.

Pela primeira vez, "o cantor Ton D´Oliveira participou do Show, destacou a organização governo municipal. Parabéns a Secretaria Cultura no ordenamento deste maravilhoso Show, excelente a estrutura, divulgação e na finalidade maior, o elevar o artista e musicalidade santarena", enfatizou Oliveira.

Os 25 artistas foram acompanhados pela Banda Base, formado por 06 músicos, "Esse é o sexto ano que participo, o que define participar, do Show Canta Santarém, a responsabilidade. Uma vez por ano, ensaios e arranjos diferenciados, e nós da Banda darmos o máximo para reforçar o brilho dessa festa, porque o público merece", disse, o instrumentista da Banda, o Adriano Dourado. A ordem de apresentação da noite:

1. SEBASTIÃO TAPAJÓS
POUT-POURRI: MILONGA DO SABIÁ/REI SOLANO (Sebastião Tapajós)

2. IVONE SILVA
LENDA DO BOTO (Wilson Fonseca)

3. ODILSON MATOS
UM POEMA DE AMOR (Wilson Fonseca)

4. ALEXANDRE ESCHER
BALADA PARA MAITÊ (Alexandre Escher)

5. DIANE FREIRE
SANTARÉM (Antônio José)

6. JÚNIOR KAMON
AMOR TÃO FORTE (Ray Brito/Jone Dourado)

7. MARIA LIDIA
MINKE SUBIU (Maria Lidia)

8. RICK MIRANDA
TERRA QUERIDA (Wilson Fonseca)

9 KAILA MOURA
PÉROLA DO TAPAJÓS (Wilson Fonseca/Pedro Santos/Felisbelo Sussuarana)

10. EDUARDO DIAS
ELA É DE SANTARÉM (Eduardo Dias)

11. PATRÍCIA LIMA
CANADÁ (Jana Figarella)

12. ÁDRIO DENNER
FLOR DE AGUAPÉ (Valmir Pacheco)

3. PRISCILA MOREIRA
A GÊNESE DA PÉROLA (Beto Paixão/Samuel Lima)

14. TON D'OLIVEIRA
O MELHOR DE SANTARÉM (Jana Figarella)

15. CLARICE SENA
GINGADO DOIDO (Clarice Sena)

16. RAY BRITO
SANTARÉM, QUERIDA CIDADE (Ray Brito/Nélson Machado)

17. VICENTE FILHO
SANTARÉM, O LUGAR (Jefferson Luiz)

18. CRISTINA CAETANO
CANTIGA DE SAUDADE (Cristina Caetano)

19. NELSON VINENCCI
PEIXADA NA PRAIA (Wilson Fonseca/Emir Bemerguy)

20. PRISCILA CASTRO
CANCÃO DA MINHA SAUDADE (Wilson Fonseca/Wilmar Fonseca)

21. NATO AGUIAR
IMAGINÁRIO (Nato Aguiar)

22. ÁDRIA GÓES
ESSE RIO É MINHA RUA (Paulo André/Ruy Barata)

23. WALLUC
SANTA ABENÇOADA (Walluc)

24. CÉSAR BRASIL
ENCONTRO DAS ÁGUAS (César Brasil)

25. JOÃO OTAVIANO & EVERALDO MARTINS
POUT-POURRI: DIRETAMENTE FALANDO/BOCA DE FORNO/DANÇA NA MATA (Beto Paixão)

Texto e Fotos: Alciane Ayres – Assessora de Comunicação Semc

Ascom - Santarém Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação