Notícias

Atualizado em 22/12/2018 às 10h29

Prefeitura faz levantamento técnico para elaboração de projeto de microssistema em Cabeça D'onça


Técnicos da Prefeitura em ação de levantamento de informações para projeto de microssistema de água Uma equipe da Prefeitura de Santarém, esteve na manhã de sexta-feira (21) na comunidade Cabeça D'onça na região de Várzea, realizando levantamento situacional e mapeamento da localidade para elaboração de projetos de microssistemas de água.

A ação foi realizada pelo setor de Divisão Técnica que é vinculada à Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca (Semap). O setor tem por objetivo realizar a elaboração de projetos de microssistemas de abastecimentos de água que visa atender as comunidades rurais.

Diagnóstico das famílias, levantamento e definição do local, caracterização dos domicílios, definição do local adequado para implantação dos componentes do microssistema comunitário de abastecimento de água, instalação, operação e manutenção do sistema de bombeamento de água, foram alguns dos levantamentos realizados na comunidade pela equipe da Prefeitura em Cabeça D'onça.

De acordo com o técnico da Semap Antônio Amaral o trabalho é fundamental. Segundo ele, deve-se realizar primeiramente o levantamento do local, bem como o mapeamento, para que assim seja feito a elaboração do projeto. "Somos encaminhados para o local, com objetivo de fazer o diagnóstico completo de cada localidade. Esse trabalho é importante, pois servirá como base no desenvolvimento da elaboração do projeto da comunidade", finalizou.

"A nossa dificuldade é grande quanto a água potável. Sofremos muito, principalmente quando chega a estiagem no verão. Tudo fica distante. Queremos que seja instalado um microssistema de abastecimento de água em nossa comunidade. Enquanto presidente queria agradecer a vinda da Prefeitura em nossa localidade. Esperamos que esse projeto seja aprovado", destacou o presidente da comunidade Antonio Lucivaldo.

O acesso a água é um direito fundamental de todo ser humano. Em Santarém, ainda que a cidade seja rodeada por rios, no período seco, várias comunidades enfrentam a dificuldade de obter água potável. O governo municipal, por meio da Semap, tem ouvido as demandas das localidades mais distantes nas regiões de planalto e várzea e não tem medidos esforços para atendê-las.

Em 2018, 36 comunidades da zona rural receberam a visita técnica da Semap. Sendo que em todas, foi realizada a elaboração dos projetos. Ao todo, 17 projetos de microssistemas foram encaminhados para avaliação e posterior implantação em comunidades do interior de Santarém. Sendo estes com recursos próprios e alguns casos com parcerias, como a SOMECDH , Projeto Saúde e Alegria e Sapopema.

Nesse contexto, o principal objetivo da Prefeitura é garantir água potável para o consumo doméstico das populações da zona rural do município.

Luan Rodrigues Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação