Notícias

Atualizado em 13/12/2018 às 21h22

Cras Santarenzinho e Alter do Chão realizam confraternização e balanço de atividades em 2018


Confraternização no Cras SantarenzinhoEm clima de alegria, trinta idosos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Polo Santarenzinho e Amparo participaram de uma confraternização das festas de fim de ano nesta quinta-feira (13).

Participaram usuários e também profissionais que trabalham no Centro. À frente da programação esteve a Técnica de Referência e Assistente Social Jaciara Simões, equipe de orientadores e facilitadores e a coordenadora Lorena Honorato.

Idosos leram poemas e mensagens de motivaçãoNa ocasião, os idosos tiveram um momento de oração e agradecimento das atividades realizadas no Centro durante o ano de 2018. Alguns deles mostraram a satisfação por meio de mensagens e poemas como a senhora Domingão Pedroso, 74, que declamou um poema autoral em homenagem a equipe do Cras e a seus companheiros; e também a senhora Ana Raimunda, 65, que leu uma mensagem motivacional.

Segundo a coordenadora Lorena Honorato, receber o reconhecimento do trabalho diário realizado com comprometimento não tem preço. "Desejamos que 2019 seja melhor em tudo. Que todos continuemos juntos."

Cras Alter do Chão também realizou confraternização entre seus usuáriosQuem também encerrou as atividades de 2018 em clima de confraternização foram os usuários do Cras Alter do Chão para agradecer a parceria com acadêmicos do curso de serviço social da Universidade Paulista (Unip) Polo Santarém que durante todo o ano realizaram atividades no Centro com um projeto de intervenção denominado "As condicionalidades do Bolsa Família para os usuários do Programa de Atendimento Integral Família (Paif)".

A acadêmica Núbia Lorena Branco Campos, é estagiária do Cras Alter do Chão desde novembro de 2017. Relata que a confraternização foi iniciativa de uma usuária do Centro e que achou pertinente realizar a festa junto com a apresentação do seu projeto. "Nós fizemos também a confraternização para agradecer a acolhida desde que passamos a estagiar aqui e desenvolver atividades com eles. Durante esse tempo mostramos o quanto é importante que eles participem das reuniões realizadas, pois são os principais interessados."

O assistente social, professor e coordenador do núcleo de estágio do curso ressaltou a gratificação enquanto universidade de poder contribuir com a sociedade em Alter do Chão. "Esse elo entre universidade, sociedade e instituição é o que faz as coisas acontecerem de fato."

Para Oto Fernando Figueira, supervisor acadêmico das estagiárias, o momento foi muito proveitoso. "Alter do Chão tem uma unidade bem distinta, a atividade contou com a presença de muitas pessoas da comunidade, foi muito gratificante. O projeto de intervenção do estágio permitiu sanar muitas dúvidas que os usuários tinham a respeito da assistência social. Foi um momento bem divertido de interação e confraternização. Agradecemos o Cras Alter do Chão e a Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social pela oportunidade. Que possamos manter a parceria para aperfeiçoar a política de assistência e formação dos futuros assistentes."

Geisa de Oliveira Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação