Notícias

Atualizado em 29/11/2018 às 22h09

Secretária de Saúde participa de reunião da Comissão Intergestores Tripartite em Brasília


9° reunião da CIT colocou em pauta o Programa Mais Médicos, o quadro do sarampo no Brasil, dentre outros assuntos.A Secretária Municipal de Saúde de Santarém, Dayane Lima, representou o governo municipal na 9ª reunião da Comissão Intergestores Tripartite (CIT) de 2018, que aconteceu em Brasília nesta quinta-feira (29). O encontro contou com a participação do Ministro da Saúde em exercício, Adeilson Cavalcante e reuniu secretários de saúde de todos os estados brasileiros. Teve como pauta a situação da adesão de médicos brasileiros e estrangeiros com CRM, no edital de urgência do Programa Mais Médicos. Na ocasião, foram discutidos também o cenário epidemiológico do sarampo no Brasil, a atualização da Rename 2017/2018 e o Programa de Informatização das Unidades Básicas de Saúde (PIUBS).

A secretária Dayane Lima aproveitou a oportunidade para fazer reivindicações de melhorias para o setor de saúde em Santarém e destacou a importância da assistência médica prestada aos usuários do município pelos médicos cubanos. "O trabalho realizado pelos médicos cubanos no município de Santarém, no oeste do Pará, foi de fundamental importância na saúde básica. Ajudou a prevenir e a diagnosticar doenças, evitando maiores complicações para o paciente. Além disso, quero ressaltar que o nosso município necessita de um olhar diferenciado por porte do Ministério da Saúde. Encontramos muitos desafios para cumprir com o compromisso de ofertar um serviço digno e de qualidade que nossa população merece. Precisamos de mais recursos financeiros para custear e implementar os nossos programas de saúde", destacou a secretária.Secretária entre Ministro da saúde em exercício Adeilson Cavalcante , presidente do Conasems Mauro Junqueira e Secretário de saúde de Fortaleza

O presidente do Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde (Conasems), Mauro Junqueira, também falou da importância dos serviços prestados pelos médicos cubanos aos brasileiros ao longo do Programa Mais Médicos. "Esses profissionais atenderam nossa população com excelência desde 2013 e fiz questão de reforçar com os gestores municipais de saúde que garantissem uma volta segura, tranquila e cordial para o país de origem", pontuou Mauro.

Sobre o sarampo no Brasil

Até agora, 9.898 casos de sarampo já foram registrados nos Estados do Amazonas, Roraima, Rio Grande do Sul, Pará, Rio de Janeiro, Pernambuco, Sergipe, São Paulo, Rondônia e Distrito Federal. Somente o Estado do Amazonas concentra 9.447 casos de sarampo, segundo dados do Departamento das Doenças Transmissíveis do Ministério da Saúde. É importante destacar que, em Manaus, a cidade que registrou 7.729 casos até agora – 77,2% dos pacientes não eram vacinados contra a doença.

Durante discurso sobre o assunto, a secretária de Saúde de Santarém, Dayane Lima, explicou o que tem acontecido no município. "O primeiro caso confirmado na minha cidade veio de barco de Manaus. A questão do deslocamento fluvial da população na região norte é um fator que contribui muito para a circulação de doenças entre os estados. E isso também precisa ser levado em conta pelo MS", explicou Dayane.

Angela Miranda Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação