Notícias

Atualizado em 27/11/2018 às 15h10

Vagas do 'Mais Médicos' já foram preenchidas em Santarém


Dayane Lima: esforços para agilizar atendimentos do Mais Médicos.O município de Santarém já preencheu o número de vagas do programa Mais Médicos do governo federal. Com o encerramento do contrato entre Brasil e Cuba e a saída dos médicos cubanos, um edital para a contratação de médicos brasileiros foi lançado pelo Ministério da Saúde no dia 19 de novembro de 2018. Em Santarém, foram disponibilizadas 17 vagas que rapidamente foram preenchidas. Os médicos já entraram em contato com a Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), que é a responsável pela realocação desses profissionais dentro do município.

Para a secretária de Saúde, Dayane Lima, isso mostra que Santarém é uma cidade onde os profissionais têm vontade de trabalhar e de fixar residência. Ela informou que das 17 vagas preenchidas, dois médicos desistiram após saberem que iam atuar na zona rural.

"As desistências foram dos médicos que seriam deslocados para as comunidades de Curuai e de Vila Socorro, na região do lago Grande. Mas já informamos essas desistências ao Ministério da Saúde que já está tomando as providências para fazer a substituição desses médicos. A gente crê que isso vai acontecer logo, já que o edital continua aberto até o dia 7 de dezembro. Temos compromisso com a saúde da nossa população e por isso a gestão está se empenhando para que esses profissionais já comecem os atendimentos o mais rápido possível e a população não fique desassistida", argumentou Lima.

Segundo a secretária, enquanto essas comunidades não recebem os profissionais, a Secretaria de Saúde deve levar equipes da cidade para realizar ações de atendimento a essas populações.

Os 17 médicos serão alocados da seguinte forma: Zona urbana - 3 na UBS de Fátima, 2 no Mapiri, 1 na UBS Maracanã, 1 no Santarenzinho, 1 na Área verde, 1 na Nova república e 1 na Vitória Régia; e Zona rural - 1 na Vila Socorro, 1 no Curuai, 1 em Tapará Grande, 1 em Nova Esperança do Ituqui, 1 em Santana do Ituqui, 1 no Guaraná e 1 no Jacamim.

Innocêncio Silva: oportunidade.Para o médico generalista Innocêncio Silva, recém-formado pela Universidade do Estado do Pará (Uepa), e que será deslocado para uma das comunidades do interior do município, o Programa será uma ótima oportunidade para crescer profissionalmente e ajudar as pessoas em regiões mais distantes. "O programa dá essa oportunidade de levar atendimento à saúde nos locais mais interioranos, onde sabemos que a população é mais carente desse atendimento. Então, minha expectativa é das melhores!", ressaltou Silva.

Seguindo cronograma do Ministério da Saúde, os médicos que se inscreveram no programa devem começar a trabalhar já nesta segunda-feira, dia 03 de dezembro, tanto na zona rural quanto na zona urbana de Santarém. A bolsa recebida é de R$ 11.800. Podem se candidatar às vagas, os médicos brasileiros com CRM do Brasil ou com diploma revalidado no país. Lembrando que as inscrições ficam abertas até o dia 7 de dezembro de 2018, pelo site http://maismedicos.gov.br/

Dayse Lima Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação