Notícias

Atualizado em 01/11/2018 às 16h55

28ª Mostra de Teatro inicia neste sábado na Casa da Cultura


A festa da arte cênica na Pérola do Tapajós será aberta neste sábado (03). Trata-se da 28ª Mostra de Teatro Amador de Santarém que tem apoio da Prefeitura de Santarém, através da Secretaria Municipal de Cultura (Semc) e demais parceiros. É organizada pela Associação de Atores, Autores e Técnicos de Teatro Amador de Santarém (Atas). A programação terá como homenageada a atriz, diretora e produtora teatral Marcia Corrêa. A Mostra prosseguirá até o dia 11 de Novembro, com início sempre às 20h. Ingressos: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia). A abertura contará com o espetáculo do grupo Cria Mundo, o espetáculo "Inquietamente Estamira" e a peça teatral baseada no documentário intitulado "Estamira".

Nesta edição da Mostra haverá no total a apresentação de nove espetáculos, sendo um convidado do Instituto Maestro Wilson Fonseca (IMWF) e outros oito que foram submetidos a uma seleção, proporcionando assim melhor qualidade ao público que vem ao teatro nesta semana de grande efervescência teatral. Na coordenação do evento está Mourrambert Flexa que destaca as finalidades da Mostra de Teatro. "Os objetivos são de estimular a produção de espetáculos teatrais em Santarém e de outras localidades a participarem do evento, bem como incentivar a circulação de espetáculos teatrais na região possibilitando a integração e intercâmbio dos artistas do teatro, contribuindo assim com a formação de plateia para a cultura artística, em especial o teatro, popularizando e democratizando o acesso as experiências culturais cênicas", detalhou.

Sobre o espetáculo da abertura
'Inquietamente Estamira' é uma peça baseada no documentário intitulado "Estamira". Tem a missão de revelar a verdade, somente a verdade em viagens temporais. Estamira, de um futuro despótico e de forma incomum fala sobre as sociedades líquidas do tempo presente, que em um período futuro se evapora. Insanamente poética, reflete com seus vários "Eus" do passado até não ter "Eu" nenhum.

Do gênero pós-dramático percorre o universo do surreal, resultando de sinergia e interação de objetos de cena, e o eu persona. O espetáculo vem com objetivo de expor perversidade, imbuídos de críticas, que muitas vezes fica implícita ao olhar do público. Inquietamente Estamira, propõe um espetáculo intenso e voluptuoso.

O monólogo do grupo teatral Cria-mundo, tem autoria de Túlio Assunção baseado em textos adaptado do documentário Estamira, do poema "O bicho" de Manuel Bandeira e da música "Ainda aqui sonhando" de Leo Cavalcanti. É dirigido por Ítalo Costa, e tem Rawi Sxi no papel de Estamira e na assessoria teatral executiva: Mourrambert Flexa.

Histórico da Atas
Foi fundada em de 07 de fevereiro de 1993 e surgiu quando a Mostra de Teatro já era uma realidade. A entidade organizou então a III Mostra, realizada em 1991 pelos grupos Gruteja e Terra Firme, que 1992 contou com a ajuda dos grupos Acauã e Gtcam. Esses grupos formavam o movimento pró-ATAS deram início ao evento anual que hoje completa a 28ª edição, sempre utilizando o auditório da Casa da Cultura, e algumas vezes espaços alternativos para as apresentações. A Mostra de Teatro é um evento que reúne um grande número de grupos teatrais da cidade filiados ou não à associação. Esse ano, são 09 espetáculos, sendo 01 convidado (Grupo de teatro do Instituto Maestro Wilson Fonseca-IMWF) e outros 8 que foram submetidos a uma seleção, proporcionando assim melhor qualidade ao público que vem ao teatro nesta semana de grande efervescência teatral. Objetivos da Mostra de Teatro é de estimular a produção de espetáculos teatrais em Santarém e de outras localidades a participarem do evento, bem como incentivar a circulação de espetáculos teatrais na região, possibilitando a integração e intercâmbio dos artistas do teatro, contribuindo assim com a formação de plateia para a cultura artística, em especial o teatro, popularizando e democratizando o acesso as experiências culturais cênicas.

Sobre a Homenageada:
A Mostra de Teatro, todos os anos homenageia uma personalidade ligada ao teatro. Este ano a homenageada será a atriz, diretora e produtora teatral Marcia Corrêa.

Marcia vem contribuindo durante 30 anos com as artes cênicas santarena. É bancária, analista de Sistema formada pela Universidade Federal do Pará (UFPA), atriz, musicista, diretora, produtora teatral, estudante de direito pela Universidade Federal do Oeste do Pará – UFOPA, mulher e mãe de 3 filhos.

Iniciou suas atividades cênicas no então Grupo de Teatro José de Anchieta – Gruteja com o espetáculo "Paixão de Cristo", atualmente desenvolve atividades e é atriz do Grupo Teatral Kauré. Marcia Corrêa participou da primeira coordenação da ATAS e ajudou a fundar esta associação, além de participar de várias coordenações nos últimos anos.

A homenageada da Mostra de Teatro 2018, como atriz desempenhou papeis importantes para cena santarena, dentre eles se descantam a personagem Maria encenado por muitos anos em um dos maiores espetáculos da região oeste do Pará intitulado "Paixão de Cristo", além desses é importante mencionar a personagem da "galinha" na peça infantil "Os Saltimbancos", a "formiga" no espetáculo infantil "A cigarra e a Formiga", "Dulcinéia" em "Até que a morte nos separe", além de muitos outros personagens nos espetáculos: O Casamento da Dona Baratinha, Geração silencio, etc. Além de atriz, Marcia Corrêa desempenha um trabalho muito importante no espetáculo "Paixão de Cristo" que é o trabalho de produção e faz parte da coordenação deste evento que reúne pra mais de 150 artista na montagem do espetáculo.

Esse ano, além de homenageada, Marcia estará na Mostra com o espetáculo "A farsa do Boi ou Desejo de Catirina" pelo Grupo Teatral Kauré.

Troféu Kauré-
Manuel Maria Pereira Duarte ou Kauré, estudante de ciências sociais, foi vice-coordenador da 1ª diretoria da ATAS (1993-95). Foi ator do Grupo de Teatro Terra Firme, esteve presente na 1ª mostra (1991), atuou na 2ª (com a peça A Cabanagem) e na 3ª mostra (Joana D'Arc). Em 1994 Kauré foi representar a ATAS e Grupo de Defesa da Amazônia (GDA) em um curso do IBRADES, no Rio de Janeiro, quando foi diagnosticado câncer. Ele lutou por dois anos, morreu em 1996, quando então a coordenação da ATAS instituiu o troféu Kauré de participação nas Mostras de Teatro de Santarém.

Ingressos:

R$ 10,00 (Inteira)
R$ 5,00 (meia)

Os ingressos serão vendidos na bilheteria da Casa da Cultura durante o período do evento, duas horas antes do início de cada espetáculo.

A Casa da Cultura fica localizada na Av. Borges Leal, 1558, Bairro de Santa Clara, entre Av. Barão do Rio Branco e Travessa Silvino Pinto.

Sugestão de Entrevista:
Mourrambert Flexa (coordenação): (93) 99134-7444

Serviço
28ª Mostra de Teatro Amador de Santarém
Período de 03 a 11 de novembro de 2018
Casa da Cultura de Santarém

Programação
03/11 – Grupo Teatral Cria Mundo - Inquietamente Estamira
04/11 – Grupo de Teatro Último Minuto - Os Saltimbancos
05/11 – Projeto Iurupari - Grupo de Teatro - Isto é um Homem
06/11 - Grupo de Teatro Terra Firme - Muyrakytã
07/11 – Grupo Artístico Cultural Eirapuã - Helena
08/11 – Grupo Teatral Kauré - A farsa do Boi ou Desejo de Catirina
09/11 – Cia de Artes Kairós - Mãe África e sua fé.
10/11 - Instituto Maestro Wilson Fonseca - Em uma feira Santarena
11/11 – Os bem intencionados – Jogos de Improviso


Mais informações:
Alciane Ayres - Assessora de comunicação da Semc
Contato: (93) 99179-4634 / E-mail: alcianeayres.jornalista@gmail.com

Alciane Ayres Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação