Notícias

Atualizado em 16/10/2018 às 12h55

Horta escolar ensina a preservar o meio ambiente e a ter uma alimentação saudável

Projeto começou a ser idealizado na UMEI Santo André desde o início deste ano e estrutura será concluída até sexta-feira (19).


Promover as boas práticas com o meio em que se vive e a alimentação saudável é a proposta de implantação da horta escolar na Unidade Municipal de Educação Infantil Santo André (UMEI Santo André). Na manhã desta terça-feira (16), a iniciativa ganhou telas e adubo que vão proporcionar melhores condições para reprodução das espécies. A ação é da Prefeitura de Santarém, por meio das secretarias de Meio Ambiente (Semma), Agricultura e Pesca (Semap) e Educação (Semed).

Na UMEI Santo André, a ideia envolve 200 alunos na faixa etária de 3 a 5 anos que vão explorar os conhecimentos dentro das diferentes disciplinas, considerada uma forma ambiental criativa e saudável.

A partir dos processos de aprendizagem, as crianças levarão orientações por toda a vida e serão multiplicadoras de informações ambientais podendo criar as próprias hortas em suas casas.

A coordenadora da Unidade, Geones Marques, relata que desde o início deste ano, quando a Unidade estava num local alugado, sonhavam com a construção da horta: "Com a mudança para o novo prédio, desde o dia 26 de junho, a gente começou concretizar o projeto com a parceria da Coopafs [Cooperativa dos Produtores da Agricultura Familiar de Santarém] que fornece as mudas de frutas e verduras, além da Semma e Semap".

Leia mais:

Em visita à UMEI, as equipes técnicas da Semma e Semap constataram que as espécies não estavam vingando por não seguirem os critérios técnicos adequados. A partir daí, foram oferecidos insumos para a implantação da estrutura e treinamentos aos educadores com informações sobre as formas de cultivo e os tratos culturais para frutas e hortaliças.

"Ajudar na implantação de uma horta orgânica nesta UMEI parte principalmente da noção de responsabilidade social e ambiental que devemos ter com as atuais e futuras gerações", destacou o gestor ambiental João Corrêa.

Após concluída a instalação dos recursos necessários para a produção das espécies, todos os cuidados continuarão a ser realizados pela própria comunidade escolar.

A horta conta com espécies como cebolinha, coentro, pimentão, tomate e alface que poderão ser implementados na merenda escolar.

A previsão de implantação das demais ferramentas para o espaço ambiental é até a sexta-feira (19).

Júlio C. Guimarães Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação