Notícias

Atualizado em 22/09/2018 às 13h41

Obras do Projeto Orla são vistoriadas por Ministro da Integração Nacional


As obras do Projeto Orla que tiveram início em 14 de dezembro de 2017 já estão com 50% dos serviços executados. Na manhã deste sábado (22), o Ministro da Integração Nacional, Antônio Pádua, vistoriou os serviços que já foram realizados na orla de Santarém.

A vistoria contou com a presença do Prefeito Nélio Aguiar, do titular da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra) Daniel Simões e por técnicos da Defesa Civil Nacional e da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (Comdec).

Leia também:

O titular da Seminfra Daniel Simões explicou sobre o valor que já foi empregado e quais os serviços já executados. "A empresa Mello Azevedo, responsável pela obra, já fez 81% das fundações, 63% de aterro e 87% de bombeamento. Aqui perto do Bosque Vera Paz já iniciaram a cravação das estacas da fundação do píer, que vai fazer parte da obra. Os 6 píeres não estão sendo executados aqui em Santarém, possibilitando que a obra avance mais rápido. O rio está baixando e com isso a equipe vai concluir as fundações e finalizar o muro de contenção. As placas de pré-moldados já estão prontas e as fundações também, faz-se a laje piso e colocam-se os píeres. É um trabalho bem articulado, com várias frentes de serviço, para que o prazo seja cumprido e a finalidade também, que é minimizar os riscos de acidente".

Antônio Pádua ressaltou as prioridades do Ministério da Integração Nacional. "Temos a prioridade de garantir a segurança hídrica, de trabalhar para o desenvolvimento regional e também de investir em obras de prevenção. Essa obra em Santarém está avançada e já liberamos 70% do recurso. Viemos fazer uma visita de fiscalização, acompanhamento e verificação da qualidade da obra, checando com a equipe de engenharia o cronograma físico da obra, para que possamos liberar então os 30% restante do recurso necessário. O cronograma da obra está no prazo. Vale ressaltar que não houve atraso, permitindo que a obra avançasse, isso porque está sendo bem administrada pela prefeitura. É uma grande obra que vai mudar a realidade dessa área portuária. Santarém ganha com isso", enfatizou.

Para o gestor municipal Nélio Aguiar é muito importante esse acompanhamento de perto para mostrar a necessidade da população santarena. "É uma obra de prevenção que está sendo executada com qualidade. Tivemos interferências como a cheia e o próprio tablado, mas a empresa continuou trabalhando. Quando foi aprovado o projeto ele atendeu uma grande demanda das comunidades ribeirinhas que precisam chegar até aqui. O projeto da orla não vai beneficiar somente as pessoas que moram na área urbana, pois contaremos com 6 píeres para atracação de embarcações. A equipe já começou a trabalhar no primeiro píer. Isso vai dar mais segurança a população e não vai danificar o cais de arrimo. Já conseguimos aprovar a prestação de contas e foram liberados mais 14 milhões que completaram os 70% dos recursos. Agora vamos trabalhar mais, para solicitar os 30% restante e até janeiro de 2019 entregar a orla da cidade", finalizou.

Sobre a obra:
Está sob a responsabilidade da Construtora Mello Azevedo S/A no valor de R$ 72.103.595,26. É dividida em 3 metas:

1ª Meta - Muro de contenção
Extensão: 1.640m
Perímetro: Travessa Augusto Montenegro até o Bosque da Vera Paz
2ª Meta - Píeres
Quantidade: 6 unidades ao longo do muro de contenção
3ª Meta - Casas de Bomba
Quantidade: 2 unidades

Ailanda Tavares Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação