Notícias

Atualizado em 20/09/2018 às 17h44

Umei Diamantino e comunidade desenvolvem ação de saúde


A Unidade Municipal de Educação Infantil (Umei) Dr. Ubirajara Bentes de Souza que atende o bairro Diamantino realizou nesta quinta-feira (20) uma ação de saúde em parceria com a Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro. A iniciativa é da Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed) em parceria com as Universidades da Amazônia (Unama) e do Estado do Pará (Uepa).

Aline Rodrigues, professora e coordenadora da educação infantil da Semed contou que as ações já são desenvolvidas desde 2009 nas Umeis de Santarém em parceria com os postos de saúde dos respectivos bairros e fazem parte da proposta pedagógica da secretaria no eixo do cuidar. De acordo com a professora, com as ações procura-se obter maior qualidade do atendimento integral dentro das Umeis do município.

"Contamos também com parceria das famílias das crianças. Nessas ações as famílias precisam estar em conjunto com a unidade municipal. Sem a família, dificilmente teríamos sucesso. Em nossa unidade tem-se a educação e na família a continuidade do que é repassado na escola", pontou.

A coordenadora da Umei Ubirajara Bentes de Souza Ana Amélia Pereira disse que a partir do ano de 2009 foram criados diversos projetos, todos em parceria com a comunidade escolar e com isso sentiu-se a necessidade de trazer a família para dentro da escola, pois não teria como a instituição escolar fazer um trabalho sem a participação da família. Revelou também que outra iniciativa que despertou o interesse dela por essas ações foi o projeto "Aprendendo a cuidar de mim", que é realizado anualmente pela instituição.

Ainda segundo a coordenadora atualmente estão matriculadas regularmente 170 crianças na Umei Diamantino, de 2 a 5 anos de idade, de bairros e comunidades, totalizando 18 localidades. Um dos grandes desafios é manter à comunidade escolar parceira da Umei, pois a criança se torna multiplicadora a partir do momento que aprende a base da ludicidade que é o contexto da educação na Educação Infantil, ou seja, a criança aprende brincando e tem resultados melhores se a família a acompanha.

Para que participem efetivamente das ações da Umei a coordenadora disse que as famílias são chamadas por meio de convites, telefonemas e pelas redes sociais para envolver a todos. "A Educação Infantil é à base de tudo e se perdermos essa base vamos pecar com a formação integral dessa criança, até porque não construímos uma casa iniciando pelo teto e sim pela base, assim como a educação vem da base e a base está na Educação Infantil", afirmou.

Sobre os desafios, Ana Amélia disse que são muitos, mas que no entanto é preciso persistir. Para ela um dos maiores desafios ainda a ser superado é fazer com que a família participe das atividades da escola. Infelizmente, ainda há famílias imaginando que o acompanhamento das crianças é responsabilidade apenas da escola, a partir do momento que se coloca a criança dentro da instituição. "Então nós precisamos atingir os 100% de participação da família, o que ainda não temos, mas nós vamos chegar lá", afirmou.

A coordenadora da Unidade Básica de Saúde do Diamantino, enfermeira Rosaneila Alvarenga disse que se trata de uma parceria necessária, pois envolve o programa Saúde na Escola que é desenvolvido duas vezes ao ano. Segundo ela, as ações consistem na verificação do peso, estatura, vacinação, aplicação de vitamina e de flúor e de saúde bucal das crianças. "A gente fica avaliando e acompanhando o desenvolvimento das crianças", analisou.

Ednaldo Rodrigues Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação