Notícias

Atualizado em 29/08/2018 às 11h29

Çairé 2018 contará com campanha de educação ambiental

A campanha também pretende contar com a participação de 200 pessoas que trabalham com os serviços de catraia, lancha e barraca.


Intervenções ambientais para o Çairé deste ano foram apresentadas e discutidas durante encontro realizado na noite desta terça-feira (29), no Conselho Comunitário de Alter do Chão (CCA). A reunião foi entre a Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) e Secretaria Municipal de Turismo (Semtur), e lideranças comunitárias da vila balneária.

O presidente comunitário do Conselho, Carlos Santos, ressaltou que Alter possui uma faixa de 7 mil habitantes, há finais de semana que o número passa para aproximadamente 10 mil  com a presença de visitantes, e com a realização do Çairé o número fica bastante elevado o que trás preocupação aos moradores quantos às questões ambientais.

"Alter do Chão é o local que tem coleta de lixo diária, mas existem as situações atípicas, há visitantes que não respeitam o espaço. Vem aqui para se divertir e acham que não tem responsabilidade de guardar o seu lixo, ou escutar um som em volume que não vá agredir os ouvidos das pessoas", alertou Carlos Santos.

A secretária de Meio Ambiente, Vânia Portela, explicou que as ações estão sendo planejadas, uma vez que estão previstas intervenções de educação ambiental alertando as pessoas para os cuidados com a destinação correta do lixo, evitar a poluição sonora, queimadas e veículos nas praias.

"A campanha terá como tema 'A praia é nossa. O lixo é seu'. Vai tratar principalmente temas de cuidados com os resíduos, mas vamos abordar com os visitantes e moradores todos os assuntos referentes aos problemas ambientais. O turista pode ir curtir o Çairé, mas também precisa ter a responsabilidade com o lugar que é nosso", destacou Vânia Portela.

Saiba Mais:

As intervenções ambientais serão trabalhadas de forma integarda com as demais secretarias quando vão ser realizadas coletas de lixo, distribuição de lixeiras ecológicas, material informativo sobre os cuidados com o meio ambiente e a conversa corpo a corpo desenvolvida por educadores ambientais.

A campanha também pretende contar com a participação de 200 pessoas que trabalham com os serviços de catraia, lancha e barraca. Usando camisas com mensagens ambientais, os trabalhadores vão ser multiplicadores de informações para os cuidados com as belezas naturais de Alter do Chão.

Júlio C. Guimarães Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação