Notícias

Atualizado em 22/08/2018 às 17h57

Santarém adere ao Programa da Unicef "Fora da Escola Não Pode"


O Prefeito Nélio Aguiar aderiu na manhã desta quarta-feira (22), ao programa do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) cujo tema é "Fora da Escola Não Pode". O programa tem a proposta de diminuir a evasão escolar e também inserir um número maior de crianças na primeira infância. A solenidade contou com a presença da Coordenadora do Território Amazônico do Selo Unicef, Anyoli Sanabria Lopez; a Secretária Municipal de Trabalho e Assistência Social, Celsa Brito; representantes do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescentes (Comdca) e as Secretarias Municipais de Assistência, Saúde e Educação que estarão trabalhando de forma intersetorial.

O lançamento do Programa fez parte do segundo dia de atividades da programação do 2º Ciclo de Capacitações do Selo Unicef que iniciou na última terça-feira (21) sediado em Santarém. Na ocasião, Nélio Aguiar destacou a presença da coordenadora do Selo Unicef e também de toda a equipe em Santarém que durante os dois dias empenharam-se na capacitação voltada para os adolescentes da região oeste do estado.

"O município aderir ao programa "Fora da Escola Não Pode" com o aplicativo gratuito do Unicef no aplicativo Busca Ativa é mais um passo para avançarmos. É nosso objetivo trabalhar esse programa, pois queremos que a evasão escolar seja zero, não queremos nenhuma criança fora da escola, queremos que todas possam exercer a sua plenitude, ter direito a educação. Essa é nossa responsabilidade, mas também da família. Inclusive nós vamos fazer um trabalho com os diretores para que participem dessa Busca Ativa para que no momento em que a criança faltar a aula, ir até a casa dela conversar com os pais para que a gente não possa perder essa criança ou adolescente para as ruas, para as drogas e outras situações de risco, garantindo desta forma a proteção e um futuro melhor para as crianças e adolescentes", pontuou o gestor.

O Prefeito comentou ainda sobre "Água e Saneamento - produzindo impactos reais e positivos na vida de Crianças e Adolescentes", assunto debatido na capacitação. Ele destacou que o governo municipal está trabalhando na questão do saneamento que influencia nas condições de vida dessas crianças. "Nós estamos trabalhando na área urbana para uma nova concessão de abastecimento de água, já que o nosso atual contrato não vem cumprindo as cláusulas contratuais deixando muito a desejar. Estamos investindo em saneamento e esgoto e conseguindo recursos para abastecimento de água em Alter do Chão. Vai ter a nova concessão para que possamos garantir em um ano e seis meses a inserção de 100% das residências em Santarém com o abastecimento de água e nos próximos 6 anos chegarmos a 60% da rede de esgoto e tratamento de esgoto, e na zona rural em parceria com a Funasa e outras Ongs como o Projeto Saúde e Alegria nós estamos trabalhando na perfuração de poços e construção de microssistemas."

A coordenadora do Território Amazônico do Selo Unicef, Anyoli Sanabria Lopez, comentou que para todo o trabalho do Programa "Fora da Escola Não Pode" foi construído uma plataforma denominada "Busca Ativa" que irá ajudar no acompanhamento dos dados. "A Plataforma foi desenvolvida e testada durante um ano. Quem adere ao Programa é realmente o Prefeito porque a gente quer o compromisso político da maior autoridade do município, onde ele se envolva com ações concretas. Depois da adesão será constituído um comitê de gestão intersetorial entre Saúde, Assistência e Educação que deverão trabalhar de forma coordenada para alcançar o sucesso", concluiu.

Roselene Andrade articuladora do Selo Unicef em Santarém, avaliou a adesão ao Programa como um avanço para Santarém. "O município avança de uma forma muito significativa pois trata a respeito da educação, que é um direito fundamental. O Busca Ativa é uma plataforma que atua com a intersetorialidade, teremos os técnicos verificadores e os agentes comunitários que fazem visitas nas residências dentro da comunidade e vão permitir a Busca Ativa, localizando a criança que será incluída na escola e acompanhada por um ano, a partir de então ela deixará de ser monitorada pelo programa para que possa inserir outras crianças. Essa é uma plataforma fantástica."

Geisa de Oliveira Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação