Notícias

Atualizado em 01/07/2018 às 11h07

Cras Urumari e Casa de Acolhimento Reviver realizam festa junina


O Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Urumari e a Casa de Acolhimento Reviver – Abrigo Municipal realizaram na sexta-feira (29) a tradicional Festa Junina. O Cras reuniu cerca de 200 usuários e o abrigo contou com a participação de 70 pessoas, entre crianças, servidores públicos, servidores do judiciário e Conselho Tutelar.

Ambas as festas tiveram o mesmo objetivo de promover a integração entre as crianças e adolescentes, bem como valorizar a tradição da Festa Junina, de divertir os usuários dos serviços prestados pela Prefeitura de Santarém por meio da Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtras).

Saiba Mais:

Foram realizadas apresentações dos grupos de idosos e crianças usuários dos serviços. A festa foi animada com atividades recreativas e comidas típicas. Os servidores também se envolveram participando das apresentações para alegrar ainda mais os convidados.

Segundo a coordenadora do Cras Urumari, Zenilza Betcel, a realização da festa é um momento de muita alegria, de confraternizar com as turmas, a equipe técnica e seus familiares. "Foi mais uma vez um grande sucesso, é muito bom estar celebrando todos os momentos dentro de nossos equipamentos, nós tivemos até uma participação especial de um adolescente que cantou uma música internacional".

A Casa de Acolhimento Reviver teve apresentação do grupo de idosas do Serviço e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) do Cras Santana, do grupo Carimbó Sedução que animaram as crianças e adolescentes. A coordenadora da Casa, Ironeide Pereira Sales contou que o objetivo foi de celebrar e motivar os acolhidos à Cultura brasileira de festejar o mês junino e agradeceu o apoio de parceiros, padrinhos para a realização da festa.

Casa de Acolhimento Reviver (CAR) - oferece acolhimento, cuidado e espaço de desenvolvimento para grupos de crianças e adolescentes em situação de risco, negligência e abandono, cujas famílias ou responsáveis encontrem-se temporariamente impossibilitados de cumprir sua função de cuidado e proteção.
Garante privacidade, respeito aos costumes, às tradições e à diversidade de: ciclos de vida, arranjos familiares, raça/etnia, religião, gênero e orientação sexual. A Casa de Acolhimento funciona de forma ininterrupta, durante as 24 horas do dia, e o acolhimento é feito a partir de determinação judicial.

Centro de Referência de Assistência Social (Cras) - realiza visitas domiciliares, orientações (Benefício de Prestação Continuada – BPC, descondicionalidades do Programa Bolsa Família (PBF), entre outros), encaminhamentos, atendimentos psicossocial e pedagógico, além de inclusão e atualização do Cadastro Único. O Cras representa a porta de entrada para os serviços socioassistenciais e devem ser buscados para informação e orientação.

Geisa de Oliveira Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação