Notícias

Atualizado em 11/06/2018 às 17h34

Banda e Orquestra Filarmônica de Santarém emocionam público no XXXI Fimupa


A participação inédita da Orquestra Filarmônica de Santarém e a Banda Filarmônica Municipal Professor José Agostinho no XXXI Festival Internacional de Música do Pará (Fimupa) realizado pelo Governo do Pará por meio da Fundação Carlos Gomes (FCG) emocionou a plateia que esteve presente no domingo (10) no Theatro da Paz, em Belém (PA). A performance dos dois grupos musicais teve apoio institucional da Prefeitura de Santarém através da Secretaria Municipal de Cultura (Semc).

O diretor da Filarmônica Municipal Adson Wender destacou sobre a grandiosidade para os músicos na apresentação conjunta no palco histórico do Theatro da Paz. "Ficamos honrados pelo convite dos organizadores, o superintendente da Fundação Carlos Gomes, Paulo José Campos de Melo e o coordenador do Festival, Marcelo Jardim. Tocar no Theatro da Paz é uma experiência fantástica que será eternizada em nossas memórias. Dedicamos este concerto a três valorosas pessoas dedicadas a música de Santarém, Wilson Dias da Fonseca in memoriam, grande compositor, arranjador e maestro; Wilde Fonseca e Sebastião Sirotheau. Ao Prefeito Nélio Aguiar e o secretário de cultura Luis Alberto Figueira pelo total e irrestrito apoio e manutenção da Banda Filarmônica Municipal. Estendemos o apoio a Viação Ouro e Prata, Tapajós Expresso Hidroviário, Centro Recreativo e a TV Tapajós", destacou.

Secretário Municipal de Cultura, Luis Alberto Figueira acompanhou a apresentação no Theatro da Paz.Luis Alberto Figueira disse que a apresentação dos músicos da Filarmônica e Orquestra no maior templo cultural do Pará é uma grande satisfação para o governo municipal que não mediu esforços em apoiá-los. "É um fato inédito. A apresentação no Festival Internacional foi maravilhosa. Estamos satisfeitos em participar diretamente. Este é o primeiro passo para que o mundo reconheça ainda mais a musicalidade dos artistas santarenos. Tivemos ainda a apresentação de uma das maiores compositoras e cantoras do Estado do Pará, Maria Lídia. Ouvi os aplausos e as felicitações dos presentes para a melhor apresentação de Santarém", reforçou o titular da pasta da cultura no município.

"O concerto foi o sonho realizado dos nossos músicos. Foi uma oportunidade para termos contato com outros músicos de várias partes do mundo. Tivemos as participações de músicos de Santarém e de músicos da Fundação Carlos Gomes. Concretizamos o sonho antigo da Fundação, nesta participação de músicos de Santarém. Foi um momento de conquista e vitória de todo o grupo porque fomos selecionados para representar Santarém no Festival, em meio a tantos grupos da cidade. Mesmo após várias horas de viagem os músicos chegaram vibrantes e com garra. Fomos aplaudidos de pé pelo público que em uníssono pediam 'bis' ", comentou o regente titular da Filarmônica, Rafael Brito.

Os dois grupos apresentaram-se com a regência do titular Rafael Brito e contaram com o desempenho de Almicar Gomes, do venezuelano Valmore Nieves, de regentes convidados, além da cantora e compositora santarena, Maria Lídia. E ainda, a Filarmônica Municipal, teve as participações das interpretes Márcia Alliverti, natural de Belém, com a música "Habanera da Opera Carmem", do compositor Francês de Opeta e Priscila Castro, natural de Santarém com a música "Calundum da Mbóia", da cantora e compositora Maria Lidia.

No repertório apresentado pela Orquestra Filarmônica estavam: Rondo da Suite Abdalezer, de Purcell; Concerto RV 121 (3 movimentos), de Vivaldi; Habanera da Opera Carmem, de Bizet; Uirapuru, de Waldemar Henrique; Lenda do Boto e Feira Santarena, de Wilson Fonseca. E no repertório da Filarmônica Municipal: Canção da Minha Saudade, de Wilson Fonseca; Dança da Mata, de Beto Paixão; Mamãe Oxum, José de Ribamar Coelho Santos; Garota do Tacacá, Pinduca; Farinhada, Edilberto Ferreira e Luiz Alberto; Calundum da Mboía, de Maria Lidia; Rainha do Lago Verde, José Rodrigues e Adson Wender; No meio do Pitiu, Dona Onete; Curió do Bico Doce, Gonzaga Blantez; Fogo do Sairé, Maria Lidia e Cheiro do Sairé, Ligia Mônica.

Mais informações:
Alciane Ayres – Assessora de imprensa da Semc
Contato: (93-99179-4634 / 98130-8014) / ascom.semc.stm@gmail.com

Alciane Ayres Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação