Notícias

Atualizado em 22/05/2018 às 1h34

Santarém vai defender o desbloqueio de investimentos públicos durante a XXI Marcha dos Prefeitos


O prefeito de Santarém Nélio Aguiar participa nesta terça-feira, 22, da XXI Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios. Além de Santarém, Aguiar representará também os municípios paraenses na qualidade de presidente da Federação das Associações de Municípios do Pará (Famep). Dentro da programação do evento, o gestor também tomará posse como membro titular do Conselho Federal da Região Norte pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM), entidade organizadora, e será ainda mediador do painel "Arena Saúde 2018", que terá como tema 'Compromisso tripartite na gestão e no financiamento do SUS (Sistema único de Saúde)'.

O prefeito destaca que o evento é de vital importância para que os municípios consigam destravar reivindicações históricas em diversos eixos e setores da gestão pública, principalmente nos investimentos financeiros. "Vou mediar um painel sobre saúde pública, mas também serão realizadas discussões sobre gargalos da agricultura, meio ambiente, gestão pública, orçamento, perdas fiscais, tributações injustas, repasses atrasados ou não realizados, entre vários outros assuntos. O evento também contará com a presença do presidente da República e dos presidenciáveis. É bom porque são esses atores que podem destravar nossas reivindicações atuais e as futuras. Eles serão colocados na parede para firmar compromissos. Para Santarém, nós precisamos destravar recursos para saúde, Educação, logística e Infraestrutura. Nenhuma cidade consegue sobreviver economicamente hoje com esse atual modelo desigual e perverso. Pois quando nossos recursos são travados quem sofre é a população", explica Nélio Aguiar.

A XXI Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios encerra no dia 24, quinta-feira. O gestor santareno explica ainda que as pautas levadas à Brasília nasceram de discussões produzidas pelos membros da Famep dentro da 2º Marcha a Belém em Defesa dos Municípios Paraenses e que pontuam necessidades regionais, inerentes às cidades amazônicas. Uma conquista já pode ser anunciada. Santarém irá receber II Encontro das Cidades Amazônicas no dia 9 de novembro.

"A força da união das cidades paraenses deve trazer resultados positivos. Quem ganha é a população que fica bem assistida e recebe na ponta uma qualidade de vida fruto da justiça social e da igualdade na divisão do bolo das verbas de investimentos", conclui o gestor santareno.

Alailson Muniz Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação