Notícias

Atualizado em 10/04/2018 às 14h46

Prefeitura iniciará implantação do Programa do Artesanato Brasileiro


Profissionais do artesanato santareno que utilizam o Cristo Rei – Centro de Artesanato do Tapajós e o Terminal Fluvial Turístico para exposição e venda de seus produtos, participarão de reuniões para traçar o planejamento de gestão da produção artesanal de Santarém. A iniciativa da Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria de Turismo (Semtur), visa a implantação do Programa do Artesanato Brasileiro (PAB). Os dois eventos acontecerão nos dias 16 e 18 de abril na sala de reuniões da Semtur, na avenida Curuá-Una, nº 42, bairro Santa Clara.

De acordo com o Secretário de Turismo, Diego Pinho, este será um marco inicial para o fortalecimento da profissão de artesão em Santarém. "Todo este processo, que inicia no dia 16 de abril, é o primeiro passo para a construção de políticas públicas para o setor artesanal do município. Pois, com as normatizações e conceitos orientados pelo programa, o poder público municipal e os agentes do artesanato local terão melhores possibilidades de elevar o nível cultural, profissional, social e econômico do artesão, com vista, no reconhecimento efetivo da profissão através da implantação do PAB", destacou.

A coordenadora do Centro de Artesanato, Elizângila Dezincourt, que está à frente da implantação do Programa, pela Secretaria de Turismo, informou que as reuniões iniciarão com artesãos dos dois espaços que agregam os agentes do artesanato de Santarém. "Nosso planejamento estará voltado inicialmente para os espaços gerenciados pela Semtur, como o Cristo Rei e o Terminal Fluvial Turístico, pois estes locais reúnem grupos organizados de artesãos que utilizam esses locais para venda dos produtos que expressam a história da nossa região e as raízes culturais dos povos tradicionais como os indígenas, quilombolas e ribeirinhos", finalizou.

O Ministério do Turismo (Mtur) direciona as ações do programa para a consolidação do artesanato brasileiro enquanto setor econômico de forte impacto no desenvolvimento das comunidades, à partir da consideração de que a atividade é disseminada em todo território nacional, possuindo variações e características peculiares conforme o ambiente e a cultura regional.

A formatação de toda a programação será construída em 2018 e culminará com os resultados dessas discussões, possibilitando consistência e legitimidade rumo a uma política pública de estado para o artesanato santareno.

Agenda de Planejamento

16/04/2018 – 8h às 12h (segunda-feira)
Local: Semtur - Avenida Curuá-Una
Evento: Planejamento das ações do espaço para 2018

18/04/2018 – 8h às 12h (quarta-feira)
Local: Semtur – Avenida Curuá-Una,
Evento: Planejamento das ações do espaço para 2018

Tadeu Pinho Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação