Notícias

Atualizado em 03/04/2018 às 10h09

Feira da Páscoa gera renda e movimenta o comércio de Santarém


Com a programação da "Feira da Páscoa de Santarém 2018", 32 artesãos do Município tiveram a oportunidade de melhorar o faturamento, no que se refere à venda de produtos ligados a Páscoa. A Feira movimentou também o comércio santareno, pois para a confecção dos variados objetos, foram necessários outros produtos para montar as peças que foram expostas e comercializadas nos eventos, como tecidos e pelúcia para confecção coelhos, embalagens, fitas e papéis decorativos para embalar os ovos, pirulitos e coelhos de chocolate, dentre outros.

O secretário Municipal de Turismo de Santarém, Diego Pinho, avaliou como positivo o evento e ressaltou que o empenho de todos foi fator principal para o êxito da programação. "Desde a concepção do evento a nossa equipe técnica teve a preocupação de ouvir os artesãos para a elaboração da programação, resolvemos em conjunto abrir um edital para chamada pública dos interessados, levando em consideração a variedade e qualidade dos produtos, que a família santarena teve a oportunidade de comprovar. Além de apresentações que levaram as pessoas que visitaram a Feira, a momentos de reflexão sobre os sentimentos inerentes ao período da Páscoa", reforçou.

Saiba Mais:

A Orquestra da Igreja Assembleia de Deus contagiou a todos com a execução de números musicais de exaltação a ressurreição de Jesus na noite do sábado (31). Outra atração, muito aplaudida no domingo (1º) na Feira, foi o Instituto Maestro Wilson Fonseca, que trouxe para a Orla as apresentações do Ministério de Música Santa Cecília, os Grupos de Danças e a Orquestra Maestro Wilson Fonseca, que apresentou uma amostra do Recital da Páscoa e fez alusão ao Jubileu de Prata, que o Instituto comemora esse ano.

Para a artesã Sueli do Rosário, este ano o evento foi bem mais organizado. "Participei ano passado e este ano a Feira da Páscoa está ótima, eu nem esperava que fosse uma organização desse porte. Eu até estava em dúvidas quanto a minha participação, mas quando a secretaria reuniu com a gente e ficamos sabendo como iria acontecer a feira e comecei a trabalhar para trazer meus produtos até aqui, e está valendo a pena", enfatizou.

O auditor fiscal de São Paulo, Valter Alencar Pereira, que está a trabalho em Santarém aproveitou sua estada na cidade para conhecer a Feira da Páscoa e gostou muito do evento. "É a segunda vez que eu venho à cidade, vim a trabalho e sempre aproveito para conhecer um pouco do turismo. Desta vez, estou podendo conhecer a "Feira da Páscoa" e eu achei assim, muita diversidade de produto, e os preços achei justo, relacionados a outros locais que costumo passear. Comprei chocolates e provei da geléia com pimenta e achei muito saborosa, um tanto picante, mas não agressiva, bem no ponto, achei muito bom", destacou.

"Elaboramos um processo de seleção que foi muito bem aceito pelos artesãos, avalio como positivo este processo, pois, os expositores cadastrados cumpriram na sua maioria com as normas do edital, participaram com quantidade diversificada de produtos votados para temática da Páscoa", avaliou a coordenadora da Feira da Páscoa, Elizângela Dezincourt.

Segundo a coordenação, o apurado até momento, de 32 artesãos, sete informaram o volume de vendas. Dos 1.352 itens expostos para venda, 1.280 (mil duzentos e oitenta) produtos foram vendidos, que gerou uma arrecadação de R$ 8.070,00 (oito mil e setenta reais).

Tadeu Pinho Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação