Notícias

Atualizado em 07/03/2018 às 12h12

Moradoras do Residencial Salvação recebem ações da Rede de Enfrentamento à Violência


Aproximadamente 90 mulheres foram beneficiadas com Ação Integrada com a Rede de Enfrentamento da Violência Doméstica na terça-feira (6), no Residencial Salvação. A ação foi realizada pela Prefeitura de Santarém, por meio do Centro de Referência Especializado de Atendimento à Mulher- Maria do Pará, equipamento da Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtras), em parceria com a Delegacia da Mulher, Abrigo de Mulheres, Pró-Paz, Faculdade Pitágoras, Trabalho Técnico Social da Seminfra e Conselho Municipal da Condição Feminina e Avon.

Os profissionais fizeram orientação pedagógica que conseguiu com que 20 mulheres retornem à educação. Elas saíram da ação com encaminhamentos para concluírem ensino fundamental e médio. Houve também atendimentos jurídicos com encaminhamentos para os juizados especializados. A Delegacia da Mulher orientou quanto à importância da denúncia, o Pro-Paz fez atendimento social, as mulheres ganharam brindes da Avon, cujo gesto foi ajudar no empoderamento feminino, e profissionalização com manicure. O Trabalho Técnico Social da Seminfra (TTS) realizou atendimentos com equipe técnica e organização do espaço. As estagiárias do curso de serviço social da Unip realizaram acolhimento, a faculdade Pitágoras realizou roda de conversa sobre o empoderamento da mulher e ofertou lanches.

"As mulheres do Residencial Salvação puderam tirar dúvidas sobre os mais variados tipos de violência e a forma de denunciar seus agressores. Elas conheceram os atendimentos ofertados pelo Centro Maria do Pará e das demais instituições que prestam atendimentos às mulheres vítimas de violência doméstica. Contribuir e ter a oportunidade de levar a rede para o Residencial e encerrar a programação com uma sensação gratificante de que nossas mulheres precisam desse atendimento mais próximo e, após toda a programação, observamos que elas saíram melhor informadas e amparadas", declarou a coordenadora do Centro Maria do Pará, Diany Castro.

Geisa de Oliveira Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação